Casamento bom, bonito e barato

Você não precisa gastar uma fortuna para deixar perfeito o dia mais especial da sua vida

Izabel Duva Rapoport

Casamento bom, bonito e barato | <i>Crédito: iStock
Casamento bom, bonito e barato | Crédito: iStock
Bom mesmo seria fazer uma festa de casamento sem se preocupar com o bolso. Como esse sonho está longe de ser real, bora limitar o orçamento sem deixar de celebrar a data com toda a pompa. “Dá para fazer uma linda cerimônia sem gastar muito e ainda seguir as tendências”, garante Constance Zahn, autora de O Guia Essencial de Casamento (Editora Paralela, R$ 109,90). O livro aborda etiqueta, planejamento e estilo de todas as fases dos preparativos, além de dicas práticas para quem quer economizar. Constance revela alguns desses truques a seguir.

Comece a projetar um ano antes
O melhor amigo de quem tem um orçamento enxuto é o planejamento antecipado. “Primeiro, para fazer uma poupança para a festa, pois não há nada pior do que começar a vida a dois endividada. Segundo, para ter mais tempo de pesquisar e comparar os preços”, diz.

Escolha datas alternativas
Casar durante a semana, feriado ou domingo pode ficar até 40% mais barato do que em um sábado à noite. “Esse é o dia mais
concorrido entre as noivas de plantão e, obviamente, o mais caro também”, afirma Constance.

Evite prolongar a festa
Aumentar a duração do evento pode encarecer a farra, pois será preciso contratar os fornecedores por mais horas, além de servir mais comida e bebida aos convidados.

Escolha o lugar ideal
É importante pesquisar bastante para encontrar um ambiente acessível e lindo. “Quando o local já é bonito, pode-se gastar menos com a decoração”, conta a especialista, que não descarta os restaurantes como opção, pois muitos deles já são decorados. Vale
checar também os espaços de eventos capazes de oferecer pacotes que incluem local, decoração e comida. “O maior perigo é escolher um lugar longe, que exija frete de objetos e deslocamento de pessoal”, alerta.

Se der, aposte nos jardins
Ambientes abertos, como fazendas e chácaras, ficam lindos nas fotos e precisam de menos embelezamento e, se for durante o dia, iluminação. “Mas cuidado com a chuva”, diz. Se precisar de cobertura, o valor pode ficar ainda mais alto do que um espaço fechado.

Dispense os arranjos florais
Já pensou em enfeitar o espaço com plantas e flores mosquitinhos? “As folhagens estão em alta, assim como as luzinhas de Natal”, afirma Constance, que considera as tendências ótimas para orçamentos menores.

Faça a cerimônia no local da festa
Além de ser prático e confortável para os convidados, que não precisarão se deslocar para lugares diferentes, é um ótimo jeito de economizar, pois os noivos não terão custos com igreja e carro.

Reduza a lista de convidados
Sim, dá vontade de mandar convite para todo mundo, mas em tempo de grana curta será preciso limitar a lista ao máximo. Pense
com carinho nas pessoas que realmente importam e deixe de lado os familiares que nunca te ligam.

Vá com vestido usado
Visite as lojas que alugam trajes de noiva e escolha um modelo que já tenha sido usado. O vestido de segunda mão costuma ser
mais barato do que o do primeiro aluguel.

Não exagere nos doces
Para quem gosta de bolos altos, opte por um de pequeno porte. Também vale fazer a encomenda de bolos e doces, incluindo os bem-casados, com o mesmo fornecedor. “Assim, fica mais fácil de negociar um desconto maior”, afirma. E cuidado: controle a quantidade.

Aposte em comidas mais simples
Em vez de oferecer um jantar, você pode servir petiscos. Caso não queira abrir mão da refeição, escolha um cardápio prático e sem mistérios, como pizza! “O prato agrada a todo mundo e tem um custo mais baixo”, considera a consultora.

Faça você mesma!
Colocar a mão na massa é sempre válido, pois torna a produção mais especial. “O ideal é fazer algo que pode ser resolvido com
antecedência, como a arte do convite, lembrancinhas e porta-guardanapos”, orienta Constance. Para ela, a noiva não deve fazer a decoração no dia, pois isso pode estressá-la. “Ela deve estar focada em descansar e se arrumar. Ou seja, não deve se atrasar e nem
ficar exausta antes da hora da festa!”, defende.

Use convites sem envelope
Sem dúvida, a opção mais barata é o convite on-line. Quer manter o papel? Invista em um modelo que dispensa o envelope.

Contrate assessoria apenas no dia
A cerimonialista ajuda – e muito! – no dia do casamento e não deve ser descartada. “Alguém precisa coordenar a cerimônia e ficar de olho para saber se tudo está correndo bem”, acredita Constance. Porém, não há necessidade de contratar o serviço durante os preparativos. “Além de sites e livros, pegue dicas com os seus fornecedores à medida que for contratando”, diz.

Contrate um Dj
Além de cobrar por hora, o profissional costuma ser bem mais barato do que uma banda musical. Outra opção ainda mais econômica: alugar os equipamentos e criar, você mesma, uma playlist com as suas canções preferidas.

Buquê em conta!
Pense em montagens que fujam do tradicional e seja criativa. Você pode criar um buquê de origamis, ervas, flores falsas ou até de
folhagens. Faz questão das flores? Procure as mais baratas, como as mosquitinhos ou as lindas margaridas.

05/09/2017 - 15:18

Conecte-se

Revista Ana Maria