Celular e direção: por que evitar?

Com 54 mil vítimas por ano, o uso do celular no trânsito já tomou o posto de terceira maior causa de mortes no trânsito no Brasil

Redação AnaMaria

Celular e direção: por que evitar? | <i>Crédito: Shutterstock
Celular e direção: por que evitar? | Crédito: Shutterstock

Confira as dicas do portal Dialogando, da operadora Vivo, para usar a tecnologia com consciência:

1 Se dirigir, não tecle. Sabia que enviar mensagens enquanto dirige aumenta o risco de acidentes em 23 vezes? Nos cinco segundos gastos para ler um recado, muitos metros são percorridos como se você estivesse com os olhos fechados.

2 Mesmo parada no farol, isso não quer dizer que você pode usar o telefone. Conforme o Código de Trânsito Brasileiro, dirigir segurando ou falando ao celular é infração grave, com multa de R$ 293,47 e sete pontos na carteira.

3 Não tente alcançar o celular ou outros objetos no carro enquanto dirige. O risco de acidentes é nove vezes maior! Ler um mapa, comer ou retocar a maquiagem, por exemplo, são atividades que também devem ser evitadas durante os trajetos.

4 Faça da tecnologia uma aliada. Há aplicativos capazes de direcionar suas ligações para uma gravação, avisando para a pessoa que está tentando contato que você está dirigindo e por isso não pode atender.

 

08/06/2018 - 15:07

Conecte-se

Revista Ana Maria