Conversa entre Amigas: Toda dor um dia passa!

A solução é erguer a cabeça e se abrir para o novo!

Karla Precioso

Conversa de amigas | <i>Crédito: Shutterstock
Conversa de amigas | Crédito: Shutterstock
“Depois de cinco anos, meu casamento chegou ao fim. Eu e meu marido vivíamos brigando, então decidi dar um  basta na relação. Não me arrependi, mas, confesso, sinto saudades... Será que a dor vai passar um dia?”

C. S., por e-mail


Ainda que a decisão de colocar um ponto final no casamento tenha sido sua, o sofrimento é inevitável. Aliás, o término de qualquer relacionamento é sempre doloroso. Portanto, passar por um período de estranheza e adaptação depois do rompimento é natural.
Chore, mas enfrente a dor. Logo, as coisas entram no eixo novamente. Mas, se quiser abreviar a tristeza, reflita sobre o que prevaleceu na relação: os momentos turbulentos ou os instantes tranquilos? Se as brigas sempre foram mais evidentes do que os
entendimentos, talvez não valha mesmo a pena chorar pelo leite derramado... Daí, a solução é erguer a cabeça e se abrir para o novo!


Sua amiga, Karlinha


Envie sua pergunta para o e-mail anamaria@maisleitor.com.br (seu nome não será divulgado)

29/12/2016 - 10:00

Conecte-se

Revista Ana Maria