5 técnicas de luzes que estão em alta

Listamos os tipos mais pedidos nos salões, os cuidados para manter o cabelo saudável e produtos que deixam seus fios bem cuidados!

terça 13 fevereiro, 2018
5 técnicas de luzes que estão em alta
5 técnicas de luzes que estão em alta Foto:iStock

Escolha a sua!
BALAIAGEM
No lugar de usar touca ou papel-alumínio, o profissional faz as luzes à mão livre. A técnica ilumina os fios desde a raiz até as pontas. Se
você tem a pele clara, invista em tons como marrom-claro e mel. As negras combinam com o tom caramelo.

CALIFORNIANA
É uma técnica que deixa as pontas do cabelo mais claras (do meio dos fios para baixo) e com muito mais contraste que a raiz. Todas podem fazer, mas combina mais com as mulheres que curtem um visual praiano e gostam de uma finalização mais amassada, já que a ideia da californiana é deixar o look despojado.

Veja mais

OMBRÉ
O nome da técnica vem do francês e significa sombreado. O profissional deve esfumar a raiz, para o resultado ficar mais natural, e fazer o comprimento e a raiz mais claros, mas de maneira sutil. O estilo combina com todas, especialmente para a mulher que quer iluminar os
fios pela primeira vez.

BRONDE
É a junção das palavras em inglês “brown” e “blond”, que significam “marrom” e “loiro”, respectivamente. É uma técnica feita para as morenas. Ela dá um efeito mesclado: o fundo e a raiz escuros e as mechas mais claras, dando a sensação de mais volume. Além de ficar lindo, o bronde não precisa de retoques frequentes. Vantagem, hein?

TIGER EYE
Mistura tons de loiro-dourado, marrom e bronze. O profissional poupa a raiz e intercala mechas grossas e finas no comprimento e nas pontas, fazendo um efeito degradê. Dá um visual tom sobre tom.

Júlia Arbex
Leia Mais:

Assine a Revista Digital

Vídeos

BEM-ESTAR

  1. 1 Fortaleça a sua lombar e pare de sofrer com dores nas costas
  2. 2 Veja 7 áreas do corpo que você esquece de passar filtro solar
  3. 3 Como manter as unhas lindas e saudáveis? Veja as nossas dicas
  4. 4 Saiba o que fazer com a pele vermelha, inflamada e queimada após a exposição solar
  5. 5 Água das enchentes podem causar diversas doenças, diz infectologista