Dossiê da unha postiça

Apresentamos as técnicas, feitas no salão ou em casa, para você afiar as suas garras do jeito que quiser

Izabel Duva Rapoport

Dossiê da unha postiça | <i>Crédito: iStock
Dossiê da unha postiça | Crédito: iStock
Seja por estética, saúde ou praticidade, as unhas postiças, que desde os anos 50 fazem sucesso nos Estados Unidos, viraram febre no Brasil. “Elas deixam as mãos mais bonitas e alongadas, ajudam quem quer parar de roer ou possui as naturais fracas e ainda permitem lavar louça e roupa sem estragar o esmalte”, afirma Jussara Balvetti, consultora da esmalteria Cosmopolish Nail Bar. Se pensou em aderir à técnica, saiba, existem várias formas de aplicações disponíveis nos salões de beleza e até versões mais em conta para fazer em casa. Apresentamos as principais delas para você avaliar qual se adequa melhor às suas necessidades e ao seu bolso.

Métodos disponíveis nos salões de beleza 

Acrigel
Composição: fusão de um gel específico para unha postiça e pó acrílico. 
Aplicação: na unha natural limpa e lixada, aplica-se a mistura, que passa pela secagem em uma cabine de luz ultravioleta. O procedimento é repetido até ficarem bem cobertas e brilhantes. Depois disso, use base e esmalte. 
Diferencial: aceita qualquer tipo de esmalte. 
Tempo de aplicação*: 2 h. 
Preço*: R$ 180
Indicação: para alérgicas ou mulheres que querem preservar a integridade das unhas naturais.

Porcelana
Composição: saber... pó de porcelana e líquido acrílico. 
Aplicação: com a mistura dos dois ingredientes, o pó se transforma em uma massinha, que é aplicada da raiz às pontas e moldada uma a uma. Pode ser pintada normalmente e dispensa a cabine de luz. 
Diferencial: a porcelana é o material que tem menos chances de causar algum tipo de alergia ou irritação.
Tempo de aplicação: 2 h. 
Preço*: R$ 200. 
Indicação: para quem deseja modelos mais compridos e com potencial de durabilidade maior.

Acrílico
Composição: resina acrílica em pó. 
Aplicação: considerada a versão mais durável do mercado, segue o princípio da porcelana, porém, com secagem na lâmpada ultravioleta. Por ser um método mais moderno, tem melhor durabilidade, resistência e aparência. 
Diferencial: como o tom parece o da unha natural, é possível usar esmalte claro. 
Tempo de aplicação*: cerca de 2 h. 
Preço*: R$ 200. 
Indicação: para quem corre risco de sofrer algum impacto na unha.  

Fibra de vidro
Composição: fibra de vidro (lembra plástico). 
Aplicação: Um gel é aplicado por cima da fibra e recebe luz UV. Por ser transparente, dá para ficar sem esmalte e não aparentar artificial. 
Diferencial: a única que pode ser lixada ao quebrar. 
Tempo de aplicação*: 3 h. 
Preço*: R$ 250. 
Indicação: para quem busca naturalidade. A técnica também pode ser utilizada para quem quer endurecer a unha natural, deixando-a curtinha. Infelizmente, o método ainda não está disponível em muitos salões. 

Você precisa saber...
■ A beleza das unhas postiças e a saúde das naturais dependem da aplicação correta. “Se mal colocadas, podem causar fungos e até destruir a nascente da unha, deixando-a torta. O problema, muitas vezes, é irreversível”, alerta Jussara. 

■ Com duração de até três meses (tempo recomendado), as artificiais são 60% mais resistentes que as originais e exigem cuidados para não quebrar. “A principal dica é fazer a manutenção a cada 15 ou 20 dias”, diz a especialista. A manutenção é paga.

■ Retire o produto no salão. “Em casa, as pessoas podem se machucar”, avisa. 

■ Entre as aplicações de unha postiça, deixe as naturais respirarem por alguns dias. 

■ Gestantes, menores de 16 anos, diabéticos, pessoas em tratamento contra câncer e com micoses não devem usar unha postiça.  

* TEMPO E PREÇO MÉDIOS. COLABORAÇÃO DE VANIDAY, PLATAFORMA ON-LINE FEITA PARA ENCONTRAR E AGENDAR TRATAMENTOS DE BELEZA E BEM-ESTAR, EM PARCERIA COM A ESMALTERIA NEFERTARI

Para fazer em casa!
Está sem tempo e sem grana de alongar as garras no salão? Confira algumas opções que podem ser aplicadas em menos de cinco minutos no conforto do seu lar. Mas lembre-se: não se recomenda ficar com elas por mais de sete dias.

Autocolantes ou autoadesivas
Dispensa o uso de colas: selecione o tamanho correto da peça e separe na ordem dos dedos. Limpe a unha natural, que deve estar sem esmalte, com lenço reparador. Retire a película da versão artificial e pressione-a por cerca de 30 segundos sobre cada unha. Para a remoção, após deixar as mãos em água morna por 10 minutos, tire o produto, levantando-o cuidadosamente a partir da base da cutícula.

Opção com cola
Aplique a goma específica na parte de trás da unha postiça e também uma fina camada na natural. Começando pela cutícula, pressione por 5 segundos toda a superfície da versão artificial na original para evitar bolhas de ar. Para tirar o produto, mergulhe as mãos em um recipiente com removedor de esmaltes por alguns minutos e utilize um palito de madeira para ajudar na remoção pelas laterais.  

10/07/2017 - 14:00

Conecte-se

Revista Ana Maria