Tudo em 1!

O xampu leve promete, numa só tacada, limpar, hidratar e modelar o cabelo! Veja o que os dermatologistas dizem da novidade e saiba o que a redação achou dos produtos que testou

Júlia Arbex

Tudo em 1! | <i>Crédito: Shutterstock
Tudo em 1! | Crédito: Shutterstock
Xampus tradicionais x xampus leves

Os xampus leves podem lavar, condicionar e modelar porque possuem uma composição diferenciada. “Eles não contêm substâncias como sulfato, parabeno, petrolato e parafina. Mas isso não significa necessariamente que sejam bons ou que surtem resultados positivos para todos”, diz Aline Marcassi, dermatologista do Amato Instituto de Medicina Avançada (SP). Entenda como cada um desses componentes age no cabelo e se vale tentar usar produtos sem eles:

SULFATO: “É como se fosse um detergente, responsável por tirar toda sujeira do cabelo. Porém, se colocado em excesso, pode remover também a oleosidade do couro cabeludo, deixando o fio ressecado", explica ela.

PARABENO: presente em vários cosméticos, ele é, segundo a especialista, um conservante que aumenta a durabilidade dos produtos. Por ser uma substância muito química, pode causar alergia.

PETROLATO OU ÓLEO MINERAL: essa substância, que ajuda a retirar o sebo, costuma fazer parte principalmente da composição dos xampus anticaspa. Dá a sensação de cabelo hidratado, mas, por ser superficial, o efeito pode durar bem pouco.

PARAFINA: “Tem o poder de selar a cutícula e proteger os fios de agressões externas. Mas atenção: o resultado também pode ser passageiro", alerta Aline.



O que falam os dermatologistas

Ambas as especialistas consultadas por AnaMaria acreditam que é preciso ter cautela na hora de utilizar o xampu leve. Segundo Marcia Grieco, dermatologista do Complexo Hospitalar Edmundo Vasconcelos (SP), o xampu é um verdadeiro detergente, que retira a oleosidade e a sujeira do fio e do couro cabeludo. Já o condicionador serve para selar as cutículas, dando brilho, maciez e
movimento aos fios. “Se você tem a raiz oleosa, não deve aplicar um produto ‘3 em 1’ no couro cabeludo. Caso contrário, poderá desenvolver caspa e até mesmo queda de cabelo. Faz processos químicos como tintura e progressiva? Esse tipo de produto pode
condicionar bem seus fios, deixando-os super-hidratados, mas talvez deixe a desejar na hora de limpar”, esclarece ela. “Para conquistar um cabelo saudável, brilhante e com um belo caimento, o ideal é utilizar, sim, xampu e creme tradicionais e específicos para o seu tipo de cabelo algumas vezes na semana. Eles vão retirar os resíduos dos produtos e hidratar os fios adequadamente”, afirma Aline. Além dos bons cosméticos, para evitar a quebra, a queda e a perda de brilho, Marcia recomenda ter uma alimentação balanceada, rica em proteínas animais e vegetais, vitaminas e minerais.



Nós testamos!
Nossa equipe usou alguns xampus leves. A seguir, cada uma conta o que achou da experiência e dá dicas para tirar ainda melhor proveito dos produtos:


Júlia Arbex, repórter
Cabelo cacheado, seco e sem química

Júlia usou: Xampu Leve para Todos os Tipos de Cabelo, Vivá, R$ 27,50

“O produto tem textura de condicionador e quase não faz espuma. Assim que coloquei no cabelo, pensei: ‘Vixe, não vai limpar!’ Me enganei. A raiz não ficou oleosa e os fios, bem condicionados, desembaraçaram com facilidade. O melhor: meu cabelo ganhou volume!”


Júlia também usou: Yamasterol Proteína Hidrolisada Yamá, R$ 2,62

“Mesmo sendo enrolado e seco (no comprimento e nas pontas), meu cabelo logo ficou oleoso na primeira vez que usei esse creme
como xampu, condicionador e finalizador. No dia seguinte, tentei aplicá-lo somente como leave-in, mas a raiz ficou oleosa e os fios, bem pesados. No terceiro dia, então, usei o Yamasterol como máscara de hidratação e aí, sim, deu certo: os cachos ficaram bem definidos e macios. Para finalizar, porém, tive que secar a cabeleira com difusor ou ela não ficaria mais cheia – que é do jeito que eu gosto” 


Marília Filgueiras, designer
Cabelo ondulado, seco e sem química

Marília usou: Óleo Extraordinário para Cabelos Cacheados, Elseve, R$ 39,90

“Escolhi usar o óleo porque tenho cabelo bem seco. Estranhei um pouco, pois ele fez pouquíssima espuma, como se estivesse lavando a cabeça com condicionador. Como não passei leave-in após a primeira lavagem, as ondas dos fios ficaram sem forma. Por isso, no banho seguinte, usei o próprio Light-Poo como leave-in. Mas ele deixou os fios muito pesados. Sugestão: lave os fios com ele e use seu leave-in de sempre.”



Isabella Pisaneski, designer
Cabelo fino, oleoso e sem química

Isa usou: Light-Poo para Cabelos Lisos, Elseve, R$ 39,90

“Estava com a raiz bem oleosa na primeira vez em que apliquei o produto. Confesso: achei que ele não seria suficiente para retirar
todo sebo dos fios. Mas me surpreendi! Meu cabelo ficou tão limpo e leve, que parecia até que eu tinha acabado de cortá-lo. E no segundo dia de lavagem os fios ficaram ainda mais leves e limpos, pois a raiz não estava suja como da primeira vez.”


Karla Precioso, repórter
Cabelo liso, oleoso e com tintura


“Lavei meu cabelo com o produto e, como de costume, sequei com secador – para dar um pouco de volume, sabe? Nossa, os fios
ficaram cheirosos demais, brilhantes e supermacios. Porém, uma hora depois, estavam pesados, mais escorridos que o normal e com a raiz oleosa, como se tivessem besuntados de creme. Acabei lavando o cabelo novamente no mesmo dia, mas com xampu
e condicionador comuns.”



Raquel Maldonado, editora
Cabelo cacheado, seco e com luzes

Raquel usou: Yamasterol Babosa, Yamá, R$ 2,62

“Usei duas vezes e gostei bastante. O cabelo ficou macio, bem definido e com menos volume. Muito prático! Sugiro lavar com xampu normal uma vez por semana para tirar todos os resíduos... Caso contrário, os fios vão ficando pesadões!”


Luciana Bugni, editora
Cabelo ondulado, normal e com californiana

Luciana usou: Light-Poo para Cabelos Sem Forma, Elseve, R$ 39,90

“Usei exatamente a medida que o rótulo sugere para cabelos longos: nove ‘espirradas’. Fez espuma, deu sensação de limpeza e desembaraçou legal os fios – minha maior dificuldade. Enxaguei bem, como recomenda o fabricante, mas senti falta de um finalizador e acabei usando um de outra marca. Na outra vez que lavei com o produto, após o enxágue, usei um pouquinho dele para finalizar. Deu um efeito legal, com volume. E as ondas ficaram bem definidas!”


Luciana usou também Yamasterol com Queratina, Yamá, R$ 2,62

“Eu me sinto bem de lavar o cabelo sem xampu – há quase um ano já faço isso de vez em quando... O creme da Yamasterol deixou
meu cabelo fino. Como meu fio embaraça muito, usei uma porção para lavar a raiz e outra para ajudar a desembaraçar as pontas, onde há tinta das californianas. Aí veio a melhor parte: nem enxaguei direito e logo saí do chuveiro. Sequei a cabeça com uma camiseta, como de costume, e o cabelo ficou ondulado como eu gosto, só com um pouco menos de volume que o normal.”

11/11/2016 - 14:00

Conecte-se

Revista Ana Maria