Você pode ser ruiva!

Se você tem ou quer ter os fios vermelhos, veja os truques e cuidados essenciais para mantê-los sempre bonitos e bem-cuidados como os das atrizes

Júlia Arbex

Você pode ser ruiva! | <i>Crédito: João Miguel Júnior/TV Globo?Marcos Rosa/Cadu Pilotto/
Você pode ser ruiva! | Crédito: João Miguel Júnior/TV Globo?Marcos Rosa/Cadu Pilotto/
Você pode não ter coragem de pintar, mas com certeza já pensou em ter fios vermelhos. Não é à toa que o cabelo da Ellen Rocche, que interpreta a Leonora de Haja Coração, está entre os dez mais desejados da Globo. O educador da L’Oréal Professionnel, Leo Prenda, ensinou como conquistar o tom certo, manter a saúde do cabelo acobreado e a cor vibrante por mais tempo.



O vermelho ideal para você

Para peles claras e rosadas:
“O ruivo mais próximo do natural combina com as mulheres brancas. Os tons mais claros, como o ruivo-claro, acobreados e alaranjados ficam lindos, pois realçam os traços e favorecem a cor da pele e dos olhos”, explica Leo.


Para peles amareladas e morenas: para que a nuance harmonize com o tom da pele, o especialista recomenda aplicar tintas acobreadas, puxando para tons terrosos e acaju. “Cores mais clarinhas podem deixar a pele pálida”, diz ele.


Para peles negras: para o visual ficar elegante e supermoderno, o ideal é tingir em tons de acaju ou vermelho. Se a ideia for ousar,
o vermelho intenso fica ótimo!



Como pintar
 
Para um resultado perfeito, Leo aconselha pintar o cabelo de ruivo no salão. “O profissional fará uma avaliação do tom de pele e da textura e pigmentação do fio para criar um visual harmônico e natural. Assim, você também não corre o risco de ter os fios desbotados nem ressecados”, explica ele. Além disso, é importante saber que independentemente da tonalidade do seu cabelo, você
vai precisar preparar os fios para receber uma nova cor.

Quem tem o cabelo castanho médio para mais escuro precisa passar por um processo de clareamento antes da tinta. 

 As loiras, naturais ou não, e as grisalhas devem fazer um processo chamado pré-pigmentação. “Essa técnica é feita antes de tingir o cabelo, a fim de evitar um tom indesejado e ajudar os fios a absorverem a nova cor com mais facilidade. Por isso, para não ter erro, o ideal é tingir no cabeleireiro”, esclarece Leo.



Valorize a cor

Para o seu ruivo estar sempre radiante, você precisará fazer manutenção diariamente. Por isso, siga estas recomendações:

Como o cabelo cresce pelo menos 1,5 cm por mês, o ideal é retocar a raiz, no máximo, a cada 30 dias.

Para garantir brilho e vivacidade ao visual e manter o cabelo no tom certo, aplique tonalizante de seis em seis semanas.

Para a cor ficar vibrante até a próxima ida ao salão, use xampu e condicionador próprios para cabelos tingidos.

Se o cabelo estiver muito seco, hidrate-o no salão até normalizar. Depois, faça o procedimento em casa, pelo menos, uma vez na
semana. E não esqueça: use sempre produtos indicados para cabelos com tintura.

Evite lavar o cabelo com água muito quente.

Um dos maiores agressores do ruivo é o sol. Por isso, agora no verão, opte por produtos que contenham protetor solar. “Eles previnem o desbotamento, mantendo a coloração em perfeito estado por mais tempo”, diz Leo.


15/12/2016 - 14:00

Conecte-se

Revista Ana Maria