Respire aliviada... com o cardápio certo!

Qualquer problema respiratório causa desconfortos que muitas vezes demoram a passar. A solução pode estar na alimentação

Karla Precioso

Respire aliviada... com o cardápio certo! | <i>Crédito: iStock
Respire aliviada... com o cardápio certo! | Crédito: iStock

Os meses de outono e inverno costumam ser marcados pelo tempo seco. E a baixa umidade do ar traz como consequência gripe, resfriado, rinite, sinusite e até crise de asma. É a época de narinas e olhos ressecados, cansaço e dor de cabeça constantes causados pela falta de água e sais minerais no organismo: “Pessoas com problemas respiratórios são as principais afetadas. Na respiração, o organismo precisa de água para umedecer o ar que entra no corpo. Sem a umidade, o muco, que protege contra as infecções, fica muito espesso e não consegue limpar as vias aéreas adequadamente”, diz o pneumologista Alexandre Kawassaki. Mas o que pouca gente sabe é que certos alimentos contribuem para o fortalecimento do sistema respiratório. Segundo pesquisa da Universidade de Harvard, nos Estados Unidos, as pessoas são mais afetadas por tosse e coriza quando suas dietas são deficientes em determinados nutrientes, como vitaminas C e E, flavonoides e ácidos graxos. A nutricionista Karin Honorato garante: “Uma dieta rica em alho, gengibre, frutas cítricas e linhaça é o caminho!”

Coma... e respire melhor!

BRÓCOLIS: seus altos níveis de sulforafano previnem as inflamações respiratórias que podem provocar o desenvolvimento da asma.

FRUTAS, VERDURAS E LEGUMES FONTES DE VITAMINA C: goiaba, laranja, acerola, kiwi, morango, tangerina, salsa, rúcula,
repolho, espinafre, tomate e pimentão. Todas essas espécies turbinam a imunidade e previnem gripe, resfriado e infecção das vias
respiratórias que causam falta de ar, como bronquite e asma. Coma ao menos uma porção por dia.

ALHO: os nutrientes aliina e alicina combatem infecções por bactérias, fungos e vírus. O alimento contém ainda vitaminas do complexo B e sais minerais. Por isso, é um excelente remédio para gripes e resfriados. O ideal é consumir o alho cru, mas não é fácil: tente picadinho num molho de salada à base de iogurte. Outra alternativa é preparar um chá adoçado com um pouco de mel.

SALMÃO: repleto de ômega-3, pode melhorar a função pulmonar e aumentar a capacidade do pulmão, reduzindo a inflamação das vias respiratórias.

BATATA-DOCE, ABÓBORA, CENOURA E DAMASCO: fontes de carotenoides e betacaroteno, que se converte em vitamina A, são ótimos para os pulmões, pois reduzem significativamente a probabilidade de se desenvolver asma.

GENGIBRE: o gingerol, composto que dá o sabor picante à raiz, age como antioxidante e anti-inflamatório natural. É capaz de reduzir o excesso de muco e limpar os pulmões de qualquer tipo de poluição persistente. Para consumir na forma de chá basta ferver  algumas fatias por uns minutinhos.

LINHAÇA: atua como emoliente sobre as mucosas. Uma colher de sopa por dia, de preferência da semente triturada, é suficiente  para blindar a saúde. Acrescente nas frutas!

 

Você sabia?
Há alimentos que também previnem as alergias respiratórias e seus sintomas:

MAÇÃ: fortalece o sistema imunológico e protege contra reações alérgicas, graças à alta taxa de quercetina, que impede a liberação do excesso de histamina no corpo (substância causadora de espirros e coceira no nariz).

CÚRCUMA: contém curcumina, que age como descongestionante e combate alergias.

LIMÃO: produz um excelente estímulo imune que pode prevenir alergias.

CHÁ-VERDE: tem antioxidantes com ações anti-inflamatória e anti-histamínica.

COUVE: fonte de carotenoides conhecidos por aliviar reações alérgicas.

Prevenção
Beber pelo menos 2 litros de água por dia, hidratar as narinas com soro fisiológico, pingar colírio nos olhos, espalhar toalhas molhadas e bacias de água pelo quarto são outras boas medidas para combater as doenças causadas pelo ar seco.

06/06/2018 - 15:04

Conecte-se

Revista Ana Maria