Casa Tudo no lugar

Deixe a casa em ordem com as dicas da guru da arrumação Marie Kondo

Aprender a descartar e a desapegar são técnicas preciosas para deixar o seu lar nos trinques 

sábado 9 março, 2019
Marie Kondo é a guru da arrumação.
Marie Kondo é a guru da arrumação. Foto:Divulgação/Marie Kondo

Se você é desorganizada, precisa conhecer o método KonMari, desenvolvido pela japonesa Marie Kondo. Em 2015, ela revolucionou casas e vidas ao lançar seu primeiro livro, A Mágica da Arrumação (Editora Sextante, R$ 24,90). 

Depois, escreveu Isso Me Traz Alegria (Editora Sextante, R$ 34,90), um guia que ensina passo a passo como arrumar cada cômodo. Agora, ganhou um programa só dela no Netflix! 

Veja mais

Na atração, Marie entra no lar de oito famílias e, de maneira emocionante, aplica seus métodos de arrumação, transformando histórias. A seguir, alguns dos mandamentos dela para você também acabar com a bagunça na sua casa... e na sua vida!

1 - Para as dicas funcionarem, obedeça o método KonMari. A partir de agora, sua arrumação será dividida em cinco categorias: roupas, livros, documentos, komono (mistura de coisas – cozinha, banheiro e garagem) e itens sentimentais.

2 - Seja grata por seu lar existir. Kondo ensina a se sentar no chão de qualquer cômodo que você se sentir confortável e cumprimentar o espaço. Agradeça à casa por fornecer abrigo e um lugar para construir a vida. Segundo ela, desta maneira, aprendemos a valorizar mais onde vivemos. 

3 - Crie pilhas de objetos que se encaixem nas categorias. Coloque, por exemplo, todas as suas roupas em cima da cama e os livros em pilhas. Esse empilhamento permite que você veja a quantidade de coisas iguais acumuladas, facilitando o processo de desapego. Além disso, a pilha de objetos de uma mesma categoria nos mostra o que realmente usamos, gostamos e precisamos.

4 - Mantenha nas pilhas apenas coisas que tragam sensação de alegria para você. Ou seja, não fique com peças que não usa mais porque está acima do peso ou até mesmo por não gostar, mas custou caro. Kondo explica: devemos ficar com aquilo que nos traz uma sensação boa, como quando vestimos nossa roupa preferida, lemos um livro emocionante ou vemos uma foto da família reunida.

5 - Quando fizer a limpa de cada categoria, ande pela casa. E observe os espaços para decidir qual lugar abrigará melhor esses pertences. E lembre-se: tudo deve ter uma “casa”. Então, nada de colocar uma blusinha no lugar dos pijamas, viu?

6 - Por incrível que possa parecer, para ela, caixas pequenas são a chave para o sucesso. Como tudo precisa de um lar, ela aconselha colocar caixinhas em gavetas para deixar os itens organizados. Isso auxilia bastante na hora de arrumar os talheres e as roupas íntimas, por exemplo. 

7 - Organize itens semelhantes em ordem decrescente de tamanho (do maior para o menor). Isso a ajuda a identificar mais rapidamente as coisas.

Júlia Arbex
Leia Mais:

Assine a Revista Digital

Bate Bola na Cozinha

BEM-ESTAR

  1. 1 Ministério da Saúde abre hoje segunda fase da vacinação contra gripe
  2. 2 Mensagem da Karlinha: Faça novas escolhas sempre!
  3. 3 Veja 5 exercícios que auxiliam as mães na rotina com os filhos
  4. 4 Cuidados ao fazer as unhas fora de casa: veja como evitar contaminação
  5. 5 Qual é a obrigação do convênio de saúde com pessoas com câncer?