Guia prático da panela de pressão segura

Ela é uma aliada incrível – mas, se mal utilizada, pode virar uma bomba. Saiba como evitar acidentes e aproveitar o seu melhor

Karla Precioso

Guia prático da panela de pressão segura | <i>Crédito: Shutterstock/Ormuzd Alves/Codo Meletti
Guia prático da panela de pressão segura | Crédito: Shutterstock/Ormuzd Alves/Codo Meletti
Uma das maiores vantagens da panela de pressão é a economia de tempo. Como ela cozinha os alimentos três vezes mais rápido, reduz também os gastos com gás. Outro ponto positivo: possibilita o preparo de praticamente todos os tipos de pratos, do trivial feijão à macarronada. Até mesmo aquele delicioso pudim de leite fica pronto em minutos. Mas há que ter cuidado ao manejá-la. “Muitos acidentes seriam evitados se seus acessórios e válvulas de segurança fossem trocados por peças originais ao se desgastarem”, afirma Arcangelo Nigro Neto, vice-presidente do Sindicato da Indústria de Artefatos de Metais. “Seguir as instruções do manual também aumenta a segurança.” Veja outras dicas do especialista.


Cuidado é fundamental

✔ ÁGUA NA MEDIDA
Muita atenção à quantidade de líquido usada na receita. Respeite o limite de 2/3 da capacidade total da panela (a maioria dos modelos vem com indicação na parede interna). Água demais pode causar acidentes!

✔ AO TIRAR A PRESSÃO
Respeite as instruções do fabricante. Qualquer que seja o modelo da panela, sempre espere o pino baixar e sair toda a pressão. Muita gente põe o utensílio debaixo de água corrente para que esfrie logo. Mas o correto é deixar a pressão sair naturalmente. Só depois poderá abri-la com tranquilidade e garantia. E mesmo quando for seguro abrir a tampa, faça-o longe do seu rosto, pois os alimentos ainda estarão soltando vapor quente.

✔ VÁLVULA
Se a panela estiver no fogo e você notar que a tampinha vermelha da válvula levantou, desligue imediatamente e se afaste. Quando parar de chiar, abra a panela, limpe bem a peça e volte a usá-la.

✔ BORRACHA DE VEDAÇÃO
Substitua sempre que estiver quebradiça ou com alguma rachadura. O ideal mesmo é, dependendo da frequência de uso, trocá-la a cada três meses.

✔ PINO E VÁLVULA
Se entupidos, aumentam a chance de a panela explodir. Para mantê-los sempre bem limpos, lave a panela após o uso e, com a ajuda da ponta de um clipe de metal (aquele usado em escritório), remova qualquer resquício de alimento dos furinhos da válvula. Atenção: jamais use palito de dente ou fósforo! Eles podem quebrar dentro da válvula, ficando impossível removê-los. Resultado:
panela aposentada para sempre...

✔ EXIJA PEÇAS ORIGINAIS!
Ao substituir válvulas de segurança e borracha de vedação, não aceite peças genéricas. Sim, elas são mais baratas, mas causam
mau funcionamento, te fazem perder a garantia contratual e podem provocar acidentes graves, como queimaduras.


Fique ligada ao comprar!
Cheque se a panela tem o selo do Inmetro. Ele garante que você esteja levando para casa um objeto fabricado dentro das normas obrigatórias de segurança. Não tem selo? Opa, perigo à vista!


O jeito certo de usar

1 Tem que apitar! Se a panela não produzir pressão e qualquer vapor escapar pela tampa, cheque se a borracha está bem colocada.

2 Não pode estar amassada! Veja se a borda está em bom estado e não se deformou com o uso. A peça não pode ter nenhum desnível, nem no fundo nem nas laterais. Caso haja algum problema, leve na assistência técnica. 

3 Tem que soltar vapor! Se a válvula não estiver funcionando normalmente (liberando vapor) quando no fogo, pode estar obstruída.
Para resolver, basta levantá-la. Caso o problema persista, desligue o fogo, abra a tampa com cuidado (sem a pressão) e limpe a válvula.

4 Precisa limpar todos os cantinhos! Para isso, toda santa vez em que usar a panela, desencaixe a borracha de vedação da tampa e lave-a separadamente.


Sem pressa
Nunca force a abertura da tampa da panela quando ainda houver vapor no interior. Você pode se queimar!


3 mitos e verdades

✔ Panela de pressão explode: VERDADE
Se não for usada corretamente, ela pode, sim, provocar uma explosão grave, destruindo a cozinha e ferindo seriamente todo mundo que estiver por perto. Para reforçar a segurança, o alimento deve ir para a panela acompanhado de água ou outro líquido em
quantidade suficiente. Jamais cozinhe um ingrediente a seco!

✔ Panela de pressão só serve para cozinhar feijão e carne: MITO
O tempo de cozimento na panela de pressão é mais rápido. Tendo o cuidado de adaptar esse tempo, você pode fazer vááários tipos de receitas. Evite apenas cozinhar cevadinha, mingau de aveia e ervilha seca. É que esses alimentos formam espuma, obstruindo a saída do vapor pela válvula. Aí, já viu: perigo iminente!

✔O tempo de cozimento deve ser contado a partir de quando a panela começa a chiar: VERDADE
O cozimento não se inicia assim que a panela vai ao fogo, mas sim quando a válvula deixa escapar vapor, produzindo um sopro. Nessa hora, você deve abaixar o fogo (a água no seu interior já está fervendo e o fogo alto não vai mais alterar a sua temperatura) e começar a marcar o tempo de cozimento indicado na receita. E não esqueça de ficar de olho nos temperos, viu? Muito cuidado no momento de colocar os condimentos na panela de pressão... Cebola e alho picadinhos podem provocar o entupimento da válvula (alimentos miúdos tendem a obstruir os orifícios). É por isso que, na hora de preparar o feijão, costuma-se temperar os grãos apenas após o cozimento, quando a panela já está sem pressão.


Você sabia?
Quando a panela de pressão é colocada sobre o fogo, o calor produz o vapor que eleva o ponto de ebulição, cozinhando o alimento mais rápido. Daí todo preparo nela ser sempre mais vapt-vupt!


As mais seguras
O mercado hoje tem panelas com tampas que travam externamente e reforçam o fechamento. Algumas contam com duas válvulas de segurança – quando uma não está boa, a outra garante o serviço. Sim, esses modelos modernos são mais caros do que o tradicional... Mas será que não vale a pena investir?


Atenção às crianças!
✔ Evite a circulação dos pequenos na cozinha. Brincadeiras com bola dentro de casa durante a preparação da refeição, quando as panelas estão no fogo? Nem pensar!

✔ Mantenha o cabo das panelas voltado para dentro do fogão. Isso reduz o risco de esbarrões e queimaduras graves.


Nem só de feijão vive a panela...


Pudim cremoso de coco
Rendimento: 10 pedaços
Calorias: 295 por pedaço

Ingredientes
■ 1 xícara (chá) de açúcar
■ 2 latas de leite condensado
■ 2 xícaras (chá) de leite
■ 100 g de coco ralado
■ 5 ovos

Modo de preparo
Caramelize uma forma para pudim com o açúcar. Reserve. No liquidificador, bata os outros ingredientes. Despeje na forma
caramelizada. Na panela de pressão, coloque a forma e acrescente água até metade dela. Tampe e, após o início da pressão, cozinhe por 15 minutos. Espere sair a pressão e retire a forma. Desenforme o pudim frio. Dica: use uma panela de pressão grande. O diâmetro precisa ser maior que o da forma usada.



Arroz econômico na pressão
Rende: 4 porções
Calorias: 288 por porção

Ingredientes
■ 2 colheres (sopa) de óleo
■ 2 dentes de alho picados
■ 1 cenoura cortada em cubinhos
■ 2 xícaras (chá) de arroz
■ 4 xícaras (chá) de água fervente
■ 1 colher (chá) de sal
■ 1 lata de atum ralado escorrido
■ Salsa e cebolinha picadas a gosto

Modo de preparo
Na panela de pressão, aqueça o óleo e refogue o alho. Junte a cenoura, o arroz, a água e o sal, tampe e, quando começar a chiar, marque três minutos. Retire do fogo e deixe sair a pressão. Abra a panela e junte o atum, a salsa e a cebolinha. Passe para uma
travessa e sirva.



Macarrão na pressão com frango e legumes
Rendimento: 4 porções
Calorias: 608 por porção

Ingredientes
■ 1 peito de frango em cubinhos
■ Sal e pimenta-do-reino a gosto
■ 2 colheres (sopa) de óleo
■ 2 cenouras em tiras
■ ½ pimentão verde em tiras
■ ½ pimentão vermelho em tiras
■ 250 g de macarrão parafuso
■ 2 latas de molho de tomate
■ 2 caixas de creme de leite

Modo de preparo
Tempere o frango com o sal e a pimenta. Na panela de pressão, aqueça o óleo e doure o frango, mexendo sempre. Junte os
ingredientes restantes, menos o creme de leite. Tampe a panela e leve ao fogo alto. Assim que começar a chiar, abaixe o fogo
e deixe cozinhar por mais três minutos. Retire do fogo, deixe sair a pressão e abra a panela. Acrescente o creme de leite, mexa e sirva.

12/09/2016 - 16:00

Conecte-se

Revista Ana Maria