10 dicas para voltar à forma após o parto

A rainha de bateria Quitéria Chagas, que ganhou 33 kg na gestação, mostra o caminho pra emagrecer com saúde e sem sacrificar o bebê!

Izabel Duva Rapoport

10 dicas para voltar à forma após o parto | <i>Crédito: iStock/Reprodução Instagram
10 dicas para voltar à forma após o parto | Crédito: iStock/Reprodução Instagram
Voltar à forma física depois do parto costuma ser um pesadelo para muitas mulheres. De um lado as mamães querem perder os
quilinhos extras e entrar outra vez naquela calça jeans. De outro, estão tão focadas nos primeiros cuidados com o bebê que emagrecer acaba ficando em segundo plano. Pois a rainha de bateria Quitéria Chagas, que chegou aos 90 kg durante a gestação da filha Elena, mostrou que sem estresse e afobação foi possível voltar a exibir um corpo enxuto outra vez. E o principal: sem colocar a saúde da sua bebê em risco. Confira as principais dicas da mamãe:

        
QUE CORPÃO! Ela ganhou 90 kg na gravidez, e hoje pesa 56 kg

1: Amamente
O pós-parto tem um aliado e tanto para a perda de peso: a amamentação. A produção de leite é uma atividade tão intensa que exige da mãe cerca de 700 calorias por dia, o equivalente a meia hora de caminhada moderada. “Elena mamou um ano e dois meses no esquema de livre demanda (sempre que queria), com mamadas que duravam uma hora”, lembra Quitéria.

2: Descanse
Dormir oito horas por noite com um bebê recém-nascido é raro. Por isso, aproveite todas as oportunidades para descansar. Na exaustão, o corpo libera mais cortisol, hormônio que dificulta a perda de peso.

3: Beba água com limão
Tome em jejum 250 ml de água morna com meio limão espremido. “Elimina as toxinas, reduz o apetite e diminui a retenção de líquidos”, diz.

4: Não faça regime
Dieta restritiva no pós-parto não é boa ideia, pois o corte abrupto de calorias tende a estressar o corpo em um dos momentos que a mulher mais precisa de energia. Nesse período, a alimentação deve ser rica em líquidos, grãos, frutas, legumes, verduras, frango, peixe e derivados de leite. “Carne vermelha só uma vez por mês, pois sobrecarrega muito a digestão”, sugere Quitéria.

5: Use açúcar de coco
Conhecido como o adoçante mais saudável do mundo, o açúcar de coco é cem por cento natural. “Ele tem o menor índice glicêmico de todos, porém, é calórico, então seu uso em excesso pode fazer mal à saúde.”

6: Tempere com ervas
Quitéria recomenda substituir o sal por ervas, prática que aprendeu com o marido italiano, Francesco Locati, adepto da dieta mediterrânea típica da sua região. Veja uma receitinha:

BATATAS AO FORNO
Receita do marido italiano!
Numa assadeira, coloque papel-manteiga. Fatie seis batatas, coloque três dentes de alho inteiros e, por cima, espalhe uma colher (chá) de orégano, um fio de azeite e um talinho de alecrim. Se quiser, coloque uma pitadinha de sal. Deixe assar em forno médio por 40 minutos. “Fica crocante por fora e molinha por dentro”, diz.

7: Beba muita água
Além de ser fundamental para a produção de leite, faz sentir menos fome. A dica é se guiar pela sede e cor da urina, que deve ser clarinha.

8: Não passe fome
Um dos segredos para não ficar com a barriga vazia é comer pequenas porções saudáveis a cada três horas.

9: Retome os exercícios aos poucos, sem pressa
Antes de dois meses após o parto, os exercícios físicos devem se resumir a caminhadas curtas e lentas de até 20 minutos. O tempo e a intensidade devem aumentar progressivamente. Quitéria iniciou caminhadas leves com 15 dias após Elena nascer. Quatro meses depois, aumentou a atividade para 40 minutos. Em seis meses começou a fazer abdominal em casa, 30 minutos por dia. A
musculação e exercícios de mais impacto só retornaram à rotina depois de nove meses do parto, com a orientação de um preparador físico.

10: Tenha paciência
“Com hábitos saudáveis, a saúde reage positivamente e o corpo volta ao natural no tempo certo”, diz Quitéria. Por isso, mantenha a
calma e cuide de você e do bebê, aproveitando ao máximo o período lindo que é a maternidade.

Sem neura!
Quando engravidou, há dois anos, Quitéria viu o ponteiro da balança disparar. “Até planejei ser uma grávida fitness, mas só queria dormir. Também comia três vezes mais do que antes”, relembra. Cinco meses após dar à luz, ela perdeu 20 kg e, em um ano, lá se foram 34 kg.

CARDÁPIO DA MAMÃE
Café da manhã: 1 copo de iogurte natural + 1 fruta 
Lanche da manhã: 1 torrada + 1 fatia de queijo branco
Almoço: 100 g de legumes cozidos + 1 filé grelhado de frango ou peixe
Lanche da tarde: mingau de aveia com 200 ml de leite
Jantar: 1 prato de canja

O CARDÁPIO ACIMA É APENAS UMA SUGESTÃO. O PLANO ALIMENTAR DEVE SER INDIVIDUALIZADO E É ESSENCIAL CONSULTAR UM PROFISSIONAL. VALE LEMBRAR AINDA QUE A PERDA DE PESO VARIA DE ACORDO COM O ORGANISMO DE CADA UM. ALÉM DISSO, PESSOAS COM DIABETES, PRESSÃO ALTA E PROBLEMAS NO CORAÇÃO DEVEM CONSULTAR UM MÉDICO ANTES DE COMEÇAR QUALQUER DIETA.

09/10/2017 - 14:00

Conecte-se

Revista Ana Maria