Magra e mais feliz: conheça o programa A.C.E

O Programa A.C.E. une atividade física, controle da mente e educação do estômago de forma leve

Júlia Arbex

Magra e mais feliz | <i>Crédito: iStock
Magra e mais feliz | Crédito: iStock
A busca pelo corpo perfeito está aliada, muitas vezes, a privações alimentares. Pensando nisso, John Tickell, médico australiano que passou 20 anos pesquisando os padrões de saúde e bem-estar da população de Okinawa (Japão), o povo mais saudável e longevo do planeta, criou o Programa A.C.E.: Atividade Física, Controle Mental e Educação Alimentar. “Cerca de 95% dos métodos de controle do peso não dão certo. Por que não? Porque a maioria deles trabalha com um único aspecto: exercícios, apenas; controle mental, apenas; alimentação, apenas, mas nunca com os três ao mesmo tempo, como faz o A.C.E.”, escreveu ele em seu livro Amar, Rir e Comer (Editora Valentina, R$ 34,90). Quer saber mais sobre isso? Explicamos tudo sobre o método, que dá para ser cumprido sem
estresse, com leveza e prazer.

Quanto mais tranquila, melhor
Para o médico, precisamos aprender a gostar de pressão e entender que, sem ela, não se pode alcançar nada de valor. Saber lidar com isso gera inúmeros benefícios como começar a ver problemas e discussões sob uma nova perspectiva. Dicas para vencer a exaustão:

RELAXE
1. Sente-se em uma cadeira e tire os sapatos.
2. Deixe a sola dos pés tocarem no chão.
4. Feche os olhos e não contraia o rosto.
5. Agora, concentre-se em um único som.
6. Com a palma de uma das mãos sobre o umbigo, inspire até ele subir 5 cm.
7. Expire até o umbigo retornar à posição inicial.
8. Faça isso três vezes.

DÊ RISADA
“O riso é uma excelente válvula de escape psicológica em situações de intimidação, pois reduz a pressão arterial, reforça o sistema imunológico e reduz a chance de infecções respiratórias”, afirma. Logo, não leve tudo a sério! Assista a uma comédia e misture-se com quem ri com facilidade.

DURMA BEM
Sono é tempo perdido? Segundo Tickell, desperdício é o que gastamos com problemas sem solução. O sono serve para o organismo se livrar do entulho acumulado e rejuvenescer. Para aumentar a sua chance de dormir bem:
■ Experimente técnicas de relaxamento (meditação). Respirar lentamente é um excelente começo.
■ Conte carneirinhos. Tente de trás para frente. Comece em 300 e vá na regressiva de 7 em 7: 293, 286, 279...
■ Feche os olhos e pense em coisas boas.
■ Dê a si mesma um prazer. Uma taça de vinho pode ajudar – mas só uma!

ALIMENTAÇÃO CORRETA
Os alimentos básicos (vegetais, frutas, cereais integrais, oleaginosas e sementes) são os melhores. Com altas concentrações de vitaminas, minerais e proteínas que ajudam a manter o corpo esbelto, limpo e livre de doenças. Mas não há nada de errado em beliscar. “Não é bom passar fome o dia inteiro e se entupir, nas refeições, de comida pouco saudável que satisfaz momentaneamente o apetite. O segredo: quando tiver fome, ingerir coisas saudáveis, gostosas e que satisfaçam”, escreve. 
Oito petiscos infalíveis – que podem ser ingeridos três vezes ao dia:
1. Iogurte desnatado light.
2. Iogurte batido com frutas.
3. Sopa de legumes.
4. Meia fatia de torrada de pão integral com sardinha.
5. Meia fatia de torrada de pão integral com apenas meia banana.
6. Um punhado de mix de oleaginosas sem sal.
7. Meia fatia de torrada de pão integral com pasta de grão-de-bico.
8. Meia fatia de torrada de pão integral com 150 g de feijão cozido sem caldo.

CURIOSIDADES
Os 10 alimentos favoritos da população de Okinawa (Japão): arroz, peixe, soja, goya, espécie de abobrinha; batata-doce, tofu, missoshiro, algas, shitake, chá de jasmim.

FISICAMENTE ATIVA, SEMPRE
Não é preciso fazer exercícios todos os dias, mas é necessário, sim, manter-se ativa. Para Tickell, existem três tipos de pessoas:
aquela que é fanática por atividade física, a que pratica moderadamente e quem não faz nada. O recomendável é ser a segunda opção, pois é a forma que leva em conta os limites da tolerância humana e dá, ainda, para mantê-la a longo prazo. Não sabe por onde começar? Reflita sobre o que é mais conveniente para você e adote a sua própria rotina. Troque o elevador pela escada, leve
o cão para passear, brinque com os seus filhos... Felizmente, conseguimos queimar calorias fazendo qualquer atividade. Ao lado, confira as sugestões.

LISTA
Dormir: 40-60 calorias por hora
Caminhar: 200-300 calorias por hora
Pedalar: 300-500 calorias por hora
Correr: 600-1000 calorias por hora
Fazer sexo ativo: 400 calorias por hora (5 min = 33 calorias)
Cozinhar: 100-200 calorias por hora

05/09/2017 - 16:00

Conecte-se

Revista Ana Maria