Torne-se revendedora e dê um olé na crise!

Perdeu o emprego? Precisa complementar a renda da família de alguma forma? Nós mostramos o caminho das pedras para se dar bem com venda direta

Silvia Regina, colaborou Ana Bardella

dinheiro 984 | <i>Crédito: shutterstock
dinheiro 984 | Crédito: shutterstock
Nestes tempos bicudos de grana curta e inflação alta, levantar um dinheiro extra é uma dádiva para o orçamento de qualquer família.
Uma maneira interessante de conseguir tal proeza é apostar na venda direta, aquela normalmente realizada por catálogos (existem outras modalidades, como você verá a seguir). De acordo com a Associação Brasileira das Empresas de Vendas Diretas (ABEVD), hoje existem 4,5 milhões de revendedores diretos no país. Esse é um setor que ainda não viu a crise chegar. De 2010 a 2014, acumulou 30% de crescimento. 
A venda de cosméticos domina o mercado, mas  há outras opções para se trabalhar, como suplementos alimentares, utensílios domésticos e até roupas. O especialista em vendas José Ricardo Noronha, de São Paulo, explica que para se dar bem é preciso ter disciplina e encarar o ramo como um trabalho de verdade, não como quebra-galho. “Adote uma atitude profissional. Se tem outro emprego, organize o seu dia e dedique algumas horas para as vendas”, alerta Noronha. 
Ficou entusiasmada? Descobrimos os caminhos para se tornar revendedora de oito empresas do setor. Cinco delas (Avon, Mary Kay, Natura, Herbalife e Tupperware) estão entre as dez maiores do mundo no setor, de acordo com a ABEVD. Acompanhe!

COSMÉTICOS

Mary Kay

Exigências: ser maior de18 anos ou emancipada.
Documentos: não são pedidos.
Primeiro passo: entrar em contato com uma consultora  Mary Kay e se cadastrar. Ache uma em marykay.com.br
Investimento inicial: R$ 169 pelo kit de beleza (são três categorias: make, cuidados com a pele e fragrâncias. Vem com produtos para demonstração e material de apoio.
Venda mínima por pedido: não há.
Lucro médio: de 25% a 40% do total do pedido. 

Avon

Exigências: ser maior de 18 anos ou emancipada.
Documentos: CPF, RG e comprovante de endereço.
Primeiro passo: se cadastrar em avon.com.br ou ligar para 0800-7082866. 
Investimento inicial: R$ 99 o kit básico (parcelado em até 3 vezes; traz, entre outros itens, livro de treinamento e 
seis amostras de fragrâncias) ou R$ 180 o kit vip (parcele em até 4 vezes; vem também um estojo demonstrador). 
Venda mínima por pedido: R$ 90.
Lucro médio: de 20% a 30%.

Jequiti

Exigências: ser maior de 18 anos e ter telefone fixo em casa.
Documentos: CPF, RG e comprovante de endereço.
Primeiro passo: se cadastrar no site jequiti.com.br ou pelo telefone 0800-7767575. O gerente de vendas da área em que você mora recolherá seus documentos.
Investimento inicial: R$ 69 pelo kit básico (porta-amostras, dez sacolas plásticas, 60 fitas olfativas, colônia Adriane Galisteu, entre outros itens) ou R$ 139 pelo kit especial (além dos itens do básico, vem com mais alguns produtos da marca).
Venda mínima por pedido: varia de acordo com a região. Em São Paulo é R$ 150.
Lucro médio: 30% sobre o valor das vendas.

Natura

Exigências: ser maior de 18 anos e não ter o nome negativado.
Documentos: CPF, RG e comprovante de endereço.
Primeiro passo: se cadastrar no site queroserconsultora.natura.com.br ou pelo telefone 0800-115566. Para ser uma consultora natura digital e vender pela internet, o cadastro deve ser feito em cadastro.rede.natura.net.
Investimento inicial: R$ 0,30 o kit de início, enviado em duas etapas. No primeiro pedido, a consultora recebe bolsa, banner, código de ética, folhetos e talão de pedidos. No segundo, estojo demonstrador, kits demonstradores de perfumaria, fitas olfativas, mapa olfativo e 50 cartões de visita. Já a consultora digital, que vende por meio da rede Natura, precisa pagar uma taxa de adesão de R$ 49,90 e mensalidade de R$ 14,90.
Venda mínima por pedido: a consultora iniciante precisa vender 60 pontos nos oito primeiros ciclos para poder fazer 
o pedido. Isso equivale a cerca de R$ 350. Depois, o pedido mínimo aumenta para 80 pontos. Para a consultora digital não há pedido mínimo.
Lucro médio: 30% do valor dos produtos vendidos. Nas vendas pela internet, o lucro é de 21%, mas os produtos são entregues diretamente pela Natura aos clientes.

VESTUÁRIO

Marisa

Exigências: ser maior de 18 anos.
Documentos: não são exigidos.
Primeiro passo: se cadastrar pelo site marisavd.com.br ou diretamente pelos telefones 4004-2211 (capitais e regiões metropolitanas) ou 0800-7281122 (demais localidades).
Investimento inicial: não há.
Venda mínima por pedido: R$ 176 nos três primeiros pedidos. Para os demais, o valor sobe para R$ 224.
Lucro médio: 20% sobre o valor do pedido.

DeMillus

Exigências: ser maior de 18 anos.
Documentos: CPF, RG e comprovante de endereço (original e cópia).
Primeiro passo: fazer um pré-cadastro no site demillus.com.br. Depois disso, uma promotora da marca entrará em contato com você para agendar uma visita e conhecê-la.
Investimento inicial: é preciso pagar uma taxa de R$ 8 quando se efetua o primeiro pedido.
Venda mínima por pedido: R$ 150.
Lucro médio: 24,9% sobre o valor do pedido.


UTENSÍLIOS DOMÉSTICOS 

Tupperware

Exigências: ser maior de 18 anos.
Documentos: RG, CPF e comprovante de endereço.
Primeiro passo: preencher o cadastro no site tupperware.com.br e aguardar o contato de um consultor. Ele vai passar mais informações sobre o processo.
Investimento inicial: não há.
Venda mínima por pedido: o modelo de vendas funciona por meio de reuniões domiciliares; a consultora precisa encomendar um kit de produtos, no valor de R$ 515, para demonstrar e vender os itens no encontro.
Lucro médio: não divulgado.

NUTRIÇÃO E CUIDADOS PESSOAIS 

Herbalife

Exigências: ser maior de 18 anos ou emancipada.
Documentos: CPF e comprovante de endereço.
Primeiro passo: é preciso comprar o kit Herbalife do Consultor Independente de outro consultor da marca. Ele vem com uma proposta para ser preenchida e enviada à Herbalife, acompanhada das cópias dos documentos exigidos. Também dá para preencher o formulário no site herbalife.com.br. Depois é só aguardar o contato de um consultor da marca. A proposta será analisada na sede da empresa.
Investimento inicial: R$ 80 o kit (vem com 1 shake Herbalife, shakeira, sopa instantânea, catálogo de produtos e materiais 
de apoio). 
Venda mínima por pedidos: não há.
Lucro médio: a Herbalife trabalha com uma escala de descontos diferenciados para cada nível de revendedor. Ou seja, ele compra o produto com desconto e o revende pelo preço do catálogo ou pelo valor que achar mais conveniente. Quem está começando, por exemplo, tem um desconto de 25%.


“Comecei na adolescência”

“Meu pai trabalhava com a Herbalife. Por isso, desde pequena eu conhecia a marca. Aos 16 anos, pedi a ele e minha mãe que me emancipassem, assim também poderia revender os produtos da marca. Comecei realizando ações depois da aula e aos finais de semana. Ia a lojas, salões de beleza e pet shops e fazia uma proposta aos donos: passar a tarde no local, oferecendo hidratação facial gratuita para as clientes. 

Os comerciantes se beneficiavam, porque a ação atraía mais gente, e eu me beneficiava porque, ao terminar, apresentava os produtos da marca para as mulheres. Muitas se interessavam e compravam. Naquela época, ganhava entre R$ 1.000 e R$ 1.500 por mês com isso. Depois de alguns anos, decidi ir mais longe e criar um centro de convivência, local onde consultores Herbalife oferecem atendimento personalizado aos clientes. Hoje é disso que tiro minha renda mensal, cerca de R$ 3.500.”

Giovana Barrella, 23 anos, consultora independente 
da Herbalife, de São Paulo (SP)

Pra vender muito!

O consultor em vendas José Ricardo Noronha revela dicas de ouro pra você se tornar uma revendedora de sucesso:

Conheça bem o que você vende: a maioria das marcas oferece cursos para apresentar novidades e ensinar como 
usá-las. Não deixe de fazê-los.

Tenha itens para pronta- entrega. Você consegue atrair  pessoas que não têm paciência – ou não podem – esperar o produto de catálogo chegar.

Se você vende cosméticos, procure andar sempre maquiada. Vende utensílios domésticos? Use os produtos na sua casa. Propaganda é a alma do negócio!


31/08/2015 - 15:00

Conecte-se

Revista Ana Maria
Coleção CARAS