Preso por matar Daniella Perez, Guilherme de Pádua vira pastor e youtuber

O ex-ator agora prega palavras bíblicas até nas redes sociais

segunda 18 março, 2019
Guilherme de Pádua e a atriz Daniella Perez, morta em 1992 por ele e a ex-mulher, Paula Thomaz.
Guilherme de Pádua e a atriz Daniella Perez, morta em 1992 por ele e a ex-mulher, Paula Thomaz. Foto:Reprodução/ Instagram/ TV globo

Condenado por assassinar em 1992 a atriz Daniella Perez, filha da dramaturga Glória Perez, ao lado de sua ex-esposa, Paula Tomaz, Guilherme de Pádua é agora pastor evangélico. O cargo lhe foi concedido após 15 anos de conversão à religião.

Nas redes sociais, Guilherme narra os passos da nova etapa de sua vida, e conta, através de seu canal no Youtube, sobre a época em que ficou na cadeia. Ele e Paula foram condenados cinco anos após o crime, por homicídio qualificado, com pena de 19 anos e seis meses - esta que seria reduzida mais tarde para seis anos.

Em um de seus vídeos, o pastor chegou a abordar inclusive o suicídio. Segundo ele, a maioria das pessoas costuma achar que ele já pensou em tal ação, e que todos podem passar por momentos obscuros em suas vidas. 

“Eu tenho conseguido me fortalecer para enfrentar o inúmeros momentos difíceis pelos quais eu passo. Sendo cristão atuante em uma igreja, tenho tentado ajudar muitas pessoas que se encontram desenganadas, à beira de tirarem a própria vida”, declarou ele.

Da Redação
Leia Mais:

Assine a Revista Digital

Bate Bola na Cozinha

BEM-ESTAR

  1. 1 Ministério da Saúde abre hoje segunda fase da vacinação contra gripe
  2. 2 Mensagem da Karlinha: Faça novas escolhas sempre!
  3. 3 Veja 5 exercícios que auxiliam as mães na rotina com os filhos
  4. 4 Cuidados ao fazer as unhas fora de casa: veja como evitar contaminação
  5. 5 Qual é a obrigação do convênio de saúde com pessoas com câncer?