AnaMaria
A Fazenda / Polêmica

''É revoltante'', diz Duda Reis sobre Record ter Nego do Borel em 'A Fazenda' 

Modelo usou as redes sociais para falar sobre o ex, acusando a emissora de manipulação

Da Redação Publicado em 21/09/2021, às 10h10 - Atualizado às 10h11

Duda Reis dá atualizações do caso contra Nego do Borel - Instagram/@dudareisb e @negodoborel
Duda Reis dá atualizações do caso contra Nego do Borel - Instagram/@dudareisb e @negodoborel

Duda Reis fez novas críticas à Record TV e ao reality show 'A Fazenda' na noite da última segunda-feira (20). A modelo detonou a emissora por dar visibilidade a pessoas como o ex-noivo, Nego do Borel, a quem acusa de agressão e abuso sexual. Sem citar especificamente o nome do cantor, ela fez um longo desabafo em seu Twitter.

"Tem gente que não sustenta o personagem nem com 10 minutos de confronto ou conversa. O pior é quem compra a pose de 'pobre coitado', 'excluído', 'injustiçado', 'bom moço'… me poupe! Impressionante como querem enfiar goela abaixo uma imagem de 'vítima' pro agressor. Machismo puro!", começou Duda.

Depois, disse ainda ser revoltante ver um cara que bate em mulher sendo enaltecido. "Se em câmeras você já vê que o comportamento é agressivo, imaginem em casa e convivendo de fato. Gente, mulheres MORREM todos os dias por causa desse silenciamento. Essa emissora silencia a mulher, não é normal!!!", ressaltou.

Na sequência, disse ter o direito, assim como qualquer vítima de violência doméstica, de ficar apavorada com as pessoas que querem reverter a imagem de um agressor. "Como colocam um homem com TRÊS denúncias de TRÊS mulheres rolando na justiça, na televisão?", questionou a loira.

Duda também comentou sobre as mensagens que recebe nas redes sociais e confessou que não tem conseguido entrar em seu Instagram. 

CONFIRA O DESABAFO COMPLETO DE DUDA REIS
"As pessoas misturam as pautas. Ninguém tá 'chutando cachorro morto', aquilo é um agressor! Agredir mulheres é CRIME!!! O NORMAL é você NÃO compactuar e não fingir que nada aconteceu. Aconteceu sim! Com mais de TRÊS mulheres. Vocês não têm noção dos directs e das mensagens que eu tenho recebido, de MULHERES e de homens falando atrocidades. Eu não suporto mais ler, não tenho conseguido entrar no Instagram".

"A mulher denuncia, fica FOD*** psicologicamente, passa por VÁRIAS perícias, extremamente revitimizada, enquanto o agressor vai pra reality mostrar que é 'uma perda de tempo a mulher denunciar'? Por**! Me poupe Record, eu falo MESMO!!! Não tenho UM pingo de medo peitar o que vier.

Esqueci que a emissora manipula rs… se bobear já até o aconselharam a não beber e a começar a pregar sobre Jesus Cristo lá, o bispo deve ficar orgulhoso. Também devem ter pedido para ele se excluir e chorar olhando para as câmeras. Passadores de pano, silenciadores de mulheres!

Superar uma relação normal é DIFERENTE de superar violência DOMÉSTICA e abuso psicológico! Não vou ser silenciada, são os MEUS direitos, as MINHAS dores, minhas cicatrizes ENORMES!!! Não façam isso com a mulher, poderia ser SUA filha.

Brado até a morte se for preciso, NÃO quero acabar com a vida de ninguém. Eu quero justiça, o cara ACABA com a vida de VÁRIAS mulheres e vocês querem defender? P*** que pariu!", 

Pior são as pessoas MACHISTAS querendo me pintar de 'vilã' porque eu brado pelos direitos básicos da mulher. Absurdo TOTAL!!! Eu fico sem palavras. O cara bate em mulher a vida inteira, faz o que fez, e ele é a vítima? Bizarro.

Héteros tops e machistas com o mesmo argumento 'profundo' todos os dias nas minhas redes sociais. Tô cagando pra chifre, meu filhão! Queria ver se tivessem tocado no SEU corpo e no SEU psicológico. Eu quero justiça como qualquer mulher deseja e merece ver!!! Agressor na Record.

Isso é um relacionamento ABUSIVO, minha filha! Você NÃO consegue sair. Se fosse fácil, o número de feminicídios não seria ENORME igual é!!! Eu não sou chata, eu rompo o que VOCÊ talvez não queira romper, mas eu quero.

Ai, sinceramente. Não aguento mais nada disso. Sinto que fiz tudo em vão, não suporto ver pessoas defendendo um agressor. Minha força está literalmente acabando, sinto uma impotência e uma tristeza surreal de ver tudo isso. Uma pena… Não quero mais ter que explicar o óbvio


Eu só queria poder ter 20 anos de fato e não ter essa carga enorme nas minhas costas todos os dias. Queria ser tratada como uma jovem NORMAL ou pelo menos não ter que me provar o tempo inteiro sendo a vítima. Eu não sei o que é ser jovem, às vezes lamento muito por isso.

Depois de ter liderado mais um episódio de violência doméstica. Lembro que ele me jogou em um cabideiro e ficou desesperado com medo de eu contar para alguém. Me levou à força para a van e quando eu disse que queria ir pra casa, ele mandou pararem no meio do nada (literalmente) e me disse para descer lá. Era na estrada, não tinha nem pista de volta. Lembro que ele falava 'ou você desce a a gente termina, ou você fica aqui e não abre a boca'. Eu não tinha como descer, não tinha como voltar, foi desesperador (como sempre). Existem pessoas que o conhecem!

E é BIZARRO eu ouvir testemunhas que me lembram de diversas violências e eu ficar simplesmente com muita vontade de chorar, porque só confirma que nem eu, nem nenhuma mulher que se relacionou com ele, somos loucas. É um ALÍVIO!!!

Gente, vocês têm noção? Sempre foi assim! A equipe sempre pisou em ovos, porque todos MORREM de medo do comportamento agressivo. Ele só escutava quando falava de 'carreira' ou 'boa imagem'. A Record está ajudando esse cara!", finalizou Duda. 

"VÃO PROVAR A INOCÊNCIA"
A defesa de Nego do Borel compartilhou um comunicado para rebater as declarações de Duda Reis, ex-namorada do cantor, que afirmou que ele foi indiciado por violência doméstica, na manhã deste sábado (18). Os advogados do artista desmentiram a jovem e disseram que Nego responderá “por lesão corporal devido a perturbações psíquicas”. 

“A equipe jurídica do cantor Nego do Borel vem esclarecer, diante dos recentes fatos que estão sendo postados sobre o indiciamento do cantor, que ele foi indiciado por lesão corporal devido a perturbações psíquicas, segundo a autoridade policial, e não por agressão física, como a primeira vista parece”, afirmaram. 

Quando terminou o relacionamento, Duda acusou Nego de estupro, de agressões físicas, de ter um fuzil em casa, de guardar alta quantia em dinheiro, de ter lhe passado HPV, e de ter lhe ameaçado. No entanto, de acordo com a equipe de defesa do funkeiro, "a Delegada não encontrou provas que justificassem o indiciamento do Leno [Nego do Borel] por nenhum outro crime."

Para concluir, os advogados garantiram que "é só questão de tempo para o Leno também provar sua inocência, pois carece de comprovação fática a qual não se sustentará no processo penal, onde estarão presentes os princípios da ampla defesa e do contraditório."

Vale lembrar que Duda e Nego terminaram o noivado em dezembro passado, após quase três anos de relacionamento. 

ACUSAÇÕES

Na última sexta-feira (17), a atriz Duda Reis foi a público e revelou que Nego do Borel, seu ex-noivo, foi indiciado por violência doméstica. Além dela, outras duas mulheres já haviam denunciado o cantor por agressão física e psicológica. 

O caso voltou a tomar conta das redes sociais após uma conversa polêmica em ‘A Fazenda 13’, onde Dayane Mello defendeu as atitudes do funkeiro e o classificou como um ‘pobre coitado’. Em diálogo com Solange Gomes, a peoa contou a história de um amigo, que teria sido acusado injustamente de agressão, e saiu em defesa do cantor. 

“Não dá pra acreditar, tem gente que, para mudar de vida, ter um minuto de fama e dinheiro, inventa um milhão de coisas. Então, esse pobre coitado pode estar sofrendo uma coisa muito psicológica, muito triste, e a gente não sabe. Eu vivi com os meus amigos, ver mulheres que fazem isso só por dinheiro”, comentou Dayane. 

Por isso, o nome de Duda Reis, ex-noiva do peão, chegou a ficar entre os assuntos mais comentados do Twitter e a atriz decidiu esclarecer os fatos em um vídeo postado em sua página oficial no Instagram. 

A modelo começou explicando a história e reforçando que sua intenção não é incitar uma onda de ódio à participante do reality, mas sim tentar mostrar o discurso machista que é propagado na sociedade. “Às vezes acontecem algumas situações em que é impossível eu não me posicionar e isso não é só sobre mim, é em prol da mulher”, afirmou. 

Em seguida, Duda criticou a Record TV e explicou que situações como esta, em que a televisão dá espaço para agressores, desestimulam a mulher a denunciar e são responsáveis pela manutenção de um machismo estrutural. "Eu acho que a maior pena é uma emissora ter uma atitude como essa e, em diversos anos, colocar homens com ficha criminal em um reality, dando chances para esses homens. É muito triste e muito doloroso. É um desserviço à sociedade. A Record faz isso e é, de fato, um desserviço, porque ela tenta dar espaço para pessoas que não merecem [...]. Isso desestimula a mulher a denunciar, porque a sociedade acolhe o homem que agrediu a mulher”, declarou. 

A atriz, então, aproveitou o momento para atualizar a batalha judicial contra o ex-noivo, acusado de agressão física e psicológica em janeiro deste ano. “Hoje, o juiz decretou que o Leno Maycon, o Nego do Borel, será indiciado por agressão e violência doméstica. Além das minhas denúncias, ele tem denúncias de outras duas ex-namoradas, que também foram comprovadas. Hoje foi uma vitória muito grande para e para todas as mulheres”, revelou. 

Por fim, Duda usou o espaço para provocar uma reflexão em seus seguidores acerca do assunto. “Essa é a realidade de milhares de mulheres no mundo inteiro, todos os dias. E é por causa de atitudes assim que o número de feminicídios só aumenta [...]. Não sejam responsáveis por aumentar o número de feminicídios e desestimular a mulher a denunciar, porque quem duvida já faz parte”, finalizou.