AnaMaria
A Fazenda / Fogo no parquinho!

Em ‘A Fazenda 13’, Tati Quebra Barraco e Dayane Mello discutem feio: ''Sem vergonha na cara’’

Tarde de domingo não foi nada tranquila no confinamento

Da Redação Publicado em 03/10/2021, às 20h10 - Atualizado às 20h12

O caos reinou em 'A Fazenda 13' durante este domingo (3) - Record TV
O caos reinou em 'A Fazenda 13' durante este domingo (3) - Record TV

A tarde deste domingo (3) em ‘A Fazenda 13’ não trouxe paz aos peões - na verdade, muito pelo contrário. Tati Quebra Barraco e Dayane Mello protagonizaram uma discussão feia, com direito a “falsa” e “sem vergonha” para todos os lados.

Para variar, a briga começou com um leva-e-traz: a funkeira disse para Erika Schneider que Day já havia adiantado que Mussunzinho seria o indicado para a roça. "Falou com o intuito de eu falar para o Mussunzinho, só que eu não ia falar, porque eu não escutei da tua boca, eu gosto de escutar da boca da pessoa. Não tô aqui para ser intermédio de ninguém", disse Tati.

Acontece que a modelo não aceitou ouvir o comentário sem expor sua visão dos fatos. "Amor, a gente tava conversando na cozinha, eu não sei em que sentido andava a conversa e eu falei: 'Ela não vai votar no Bil [Araújo], ela vai votar no Mussunzinho'. Assim. Não é segredo ou fofoca. Eu falei naturalmente", disparou. 

Erika, por sua vez, concordou com a amiga - o que só piorou o humor de Tati. “Te chamei de falsa na sua cara e você ainda deixou um presentinho pra mim. Você é mais sem vergonha ainda", disse, se referindo a lembrança deixada pela ex-participante do ‘Gran Fratello Vip’ antes de seguir para a área de eliminação.

"Tati, eu nunca te maltratei, nunca te desrespeitei. Você tá gritando comigo, me maltratando faz uma semana", respondeu Day. A partir daí, a funkeira começou a gritar: "Eu te maltratei? Só te chamei de falsa, na sua cara, ponto!"

"Você tá me chamando de falsa, eu te botei aqui, ó", disse Day, colocando a mão no alto. "Por que você me botou aí? Eu te pedi para você me botar aí?", questionou a carioca. "Porque eu nunca te desrespeitei, eu nunca fiz nada para você. Agora você fala com o Rico [Melquíades], fala com a Aline [Mineiro], fala como se nada acontecesse", pontuou a peoa.

Na sequência, Tati disse que ninguém mandou a modelo colocá-la em um pedestal. “Eu sou o que sou”, completou. Dayane continuou reafirmando que, em nenhum momento, desrespeitou a colega de confinamento.

O TAL PRESENTINHO
Tati continuou seu discurso: "não mandei recado para você, falei na sua cara. Ao contrário de você que fica pelos cantos 'Ai, porque botei num pedestal'. Não tem coragem de chegar e me chamar. Só que eu te chamei de falsa na sua cara. Você ainda deixou um presente pra mim. Você é mais sem vergonha na cara ainda. Tu que deixou um presente para mim com a Solange [Gomes], eu mandei te devolver.”

E a história do presente seguiu dando o que falar! "Tu pode achar o que tu quiser, Tati. Qual é o problema? Se eu gosto de você, sempre gostei de você. Eu tava indo embora", se defendeu Dayane. Foi então que a carioca decidiu ser mais direta ainda: "Depois que eu te chamei de falsa? Tu achou que eu ia pegar? Ah, me poupe, eu tenho vergonha na cara. Tenho identidade".

A catarinense, então, quis encerrar a briga: "se você acha que foi um gesto de falsidade e ódio, tudo bem", falou. "Se a pessoa me chama de falsa e eu tô indo embora, eu não vou deixar presentinho pra ela. Ao contrário de você. Você é mais sem vergonha ainda. Se manca!", disparou Tati, deixando o recinto.