a-fazenda   / A FAZENDA 13

‘‘Não compactuamos com nenhum tipo de abuso’’, afirma Galisteu sobre denúncias contra Nego do Borel

Apresentadora garantiu que Dayane Mello foi ouvida por psicólogos e pela direção do reality

Da Redação Publicado sábado 25 setembro, 2021

Apresentadora garantiu que Dayane Mello foi ouvida por psicólogos e pela direção do reality
Público e patrocinadores pedem a expulsão do funkeiro - Instagram/@galisteuoficial

Adriane Galisteu se manifestou pela primeira vez a respeito do suposto estupro cometido pelo Nego do Borel em ‘A Fazenda 13’. Nas redes sociais, a apresentadora fez questão de declarar que é contra a exploração sexual das mulheres, porém não comentou se o participante será expulso do reality show ou não. 

“Amores, estou aqui pra dizer que eu, Adriane Galisteu, e a Record TV não compactuamos em hipótese alguma com nenhum tipo de abuso, assédio, racismo, machismo, violência, discriminação ou preconceito contra a mulher ou qualquer outro gênero!”, começou através da legenda da publicação. 

Em seguida, avisou que o caso ainda está sob análise e Dayane Mello já foi amparada pela produção. “Dito isso, estamos desde as primeiras horas do dia acompanhando tudo, juntamente com o corpo jurídico da Record TV e toda a direção do programa para apuração rigorosa e total esclarecimentos dos fatos!”. 

“A participante Dayane foi ouvida por psicólogos e pela direção-geral. Então, espero vocês ao vivo logo mais às 22:30h!”, concluiu a apresentadora. Vale mencionar que a ex-participante do ‘Gran Fratello’ estava bêbada, na madrugada deste sábado (25), e pediu diversas vezes para que Nego do Borel parasse de tocá-la, o que ele não obedeceu. 

Para completar, a imagem que ilustra a publicação de Adriane Galisteu mostra um cartaz ao fundo com os dizeres: “Violência, abuso e exploração sexual contra a mulher é crime. Denuncie! Disque 180”, em menção à Central de Atendimento à Mulher

 

 

Último acesso: 19 Oct 2021 - 11:58:25 (1150419).