AnaMaria
Facebook AnaMariaTwitter AnaMariaInstagram AnaMariaSpotify AnaMaria

Carol Castro: "Toda mulher é um poço de emoções"

A atriz Carol Castro fala sobre suas semelhanças com Iolanda, a cantora que virou a cabeça de Afrânio (Rodrigo Santoro) na novela Velho Chico

Roseane Santos Publicado em 31/05/2016, às 10h00 - Atualizado em 07/08/2019, às 17h44

Entrevista Carol Castro - Cadu Pilotto
Entrevista Carol Castro - Cadu Pilotto
Carol Castro revelou um pouco mais de sua personalidade ao falar de seu trabalho na novela Velho Chico. Ela interpreta Iolanda, uma cantora forte e independente que vive em Salvador (BA) na primeira fase da novela – que deve durar cerca de um mês. Carol admite
que tem algumas semelhanças com a personagem. Apesar de sentimental e intuitiva, revela que agora está mais centrada, mas que
continua seguindo sua emoção. Na novela, ela se apaixona por Afrânio (Rodrigo Santoro) e tem seu amor interrompido pelo destino.
“Acredito em um encontro de almas, mas a vida sempre prega muitas peças na gente. Nem tudo acontece no seu tempo”, ela diz.
Conheça um pouco de Iolanda:


Sua personagem é muito mística, intuitiva. Você também é assim?
Sim, eu acredito que você possa ter indicações de caminho para fazer as suas escolhas. Mas também acredito que nada é por acaso. Com o passar dos anos, a gente fica muito mais atenta aos sinais. Acho que estou em um momento bem conectada comigo. 



Dá para dizer que ela é uma mulher independente, à frente de seu tempo. Ela é parecida com a mulher de hoje?
Acho que são épocas diferentes [Iolanda vive nos anos 60]. Ela também se agarrou no amor pela música, pela vida e foi atrás de seus sonhos. Acredita que o que tem que acontecer, vai acontecer, independentemente do tempo ou da distância. Acho que essa é uma maneira bonita de viver.



Na novela, Iolanda e Afrânio se reencontram após décadas. Você acredita que um amor possa dar certo depois de tanto
tempo de afastamento?
Acredito em um encontro de almas, mas a vida sempre prega muitas peças na gente. Nem tudo acontece no seu tempo. Às vezes, a pessoa certa pode estar ao seu lado há anos e talvez não tenha acontecido por que você não estava preparada para ela. Acho que
tudo é possível. 


Você acha que uma mulher livre sofre menos ?
Toda mulher é um poço de emoções e eu não sou diferente. Acho que as independentes podem colocar o foco em outras coisas. Se tem outros sonhos para realizar, ajuda a preencher o vazio amoroso.



A Iolanda é de outra época. Você acha que atualmente o amor continua como no período em que ela se apaixonou por Afrânio?
Não, acho até que é o contrário. Hoje em dia parece que as pessoas não estão se aprofundando muito nas relações como acontecia antigamente. Claro que o amor nunca vai deixar de existir, mas parece que existe tanta coisa para desviar a atenção... As redes
sociais, por exemplo. Eu me sinto fora do universo atual, apesar de gostar muito de redes sociais. Sinto que sou bem à moda antiga para algumas coisas, como o amor: sou romântica.



Como você cuida da sua alimentação no dia a dia?
Ando com a minha quentinha na bolsa, com a minha salada e meu biscoito sem glúten. Já ando no carro também com uma mochila, onde eu guardo roupa para malhar. Então, se der tempo, vou direto para academia. Presto muita atenção nisso!
{# Taboola Newsroom #}