AnaMaria
Facebook AnaMariaTwitter AnaMariaInstagram AnaMariaSpotify AnaMaria

Repagine seu perfil do Linkedin

E, de quebra, melhore a imagem profissional e aumente as chances de subir na firma ou conseguir um bom emprego!

Ana Bardella Publicado em 05/05/2017, às 10h00 - Atualizado em 07/08/2019, às 17h45

Repagine seu perfil do Linkedin - iStock
Repagine seu perfil do Linkedin - iStock
É comum associarmos o uso das redes sociais à diversão. Afinal, encontramos por lá amigos de longa data e compartilhamos uma parte de nossa vida por meio de textos e fotos. Mas as redes podem (e devem) ser usadas também para alavancar o lado profissional. É uma excelente oportunidade de mostrar o que você faz às pessoas e realizar aquela propaganda positiva de si mesma sem pagar nada por isso. Prova disso é o Linkedin, voltado exclusivamente para assuntos de trabalho. Lá não tem espaço para postar fotos das férias! Reserve um tempo na sua agenda e veja como tirar o máximo de proveito desta plataforma:


Aprimore seu perfil!
FOTO: De acordo com Celso Bazzola, consultor em recursos humanos e diretor da BAZZ Estratégia e Operação de RH, a imagem escolhida deve ser discreta e mostrar seriedade. “Evite fotos em trajes de banho ou passeando, a menos que isso tenha a ver com sua área de atuação”, diz. Não é necessário, entretanto, que na imagem você esteja vestida de maneira extremamente formal. Opte por fotos nítidas e recentes.


Informações principais: Esqueça os apelidos na hora de preencher seu nome. Caso esteja desempregada, coloque no item “título profissional” o cargo que pretende ocupar seguido de uma indicação de que está em busca de novas oportunidades: “Atendente de Telemarketing em busca de recolocação”.


Resumo: “Nele deve constar a formação acadêmica, experiência profissional e opcionalmente seus objetivos”, orienta o consultor. Se estiver fazendo um curso relevante para a sua área, coloque também. Por exemplo: “Formada em Gestão de Recursos Humanos, com vasta experiência na área de recrutamento. Cursando especialização em Departamento Pessoal”.


Experiência, formação acadêmica, informações adicionais e idiomas: Não é preciso colocar no perfil todas as empresas nas quais você trabalhou, basta incluir as últimas três ou quatro – a menos que as anteriores tenham sido muito importantes para sua
carreira. Não se esqueça de deixar o perfil sempre atualizado e, claro, de colocar somente informações verdadeiras. “A transparência é um princípio valorizado pelas empresas no momento de selecionar um funcionário”, explica o especialista.


Competências: Nesse espaço, você elenca suas principais habilidades e seus colegas podem validar a informação por meio de recomendações. Recebeu a recomendação de alguém que já trabalhou com você? É de bom tom visitar o perfil dele e retribuir a
gentileza, desde que sinceramente.


Voluntário: Se você presta esse tipo de serviço para alguma instituição, coloque no perfil. Caso ainda não tenha tido a oportunidade, faça uma lista das causas que você apoia. “O ideal é selecionar apenas as que realmente mexem com seu coração,
e não todas as opções disponíveis”, orienta Bazzola.


Como regular as configurações de privacidade?
A intenção é formar uma rede de contatos profissionais através do site. Permita que apenas os contatos adicionados por você tenham acesso. Até porque, ao deixar seu perfil totalmente público você pode colocar em risco a segurança dos seus dados.


Quem aceitar?
Em outras redes sociais, como o Facebook e o Instagram, por exemplo, muita gente prefere adicionar somente as pessoas que já
são suas conhecidas. No entanto, no Linkedin, inserir estranhos pode ser benéfico. Se receber a solicitação de alguém que não conhece, vá até a página da pessoa e perceba de que maneira ela pode agregar na sua carreira para, em seguida, decidir se vale ou não apena aceitar. Da mesma maneira, se há alguém do seu campo de atuação que você admira e gostaria de acompanhar, procure
seu nome na rede (ainda que não o conheça pessoalmente) e passe a seguir suas postagens.


O que postar?
Encontrou uma matéria ou texto autoral que traz informações sobre um assunto que você considera relevante? Indique aos seus contatos. Evite somente o que é “inútil” ou polêmico demais – e que possa gerar discussões acaloradas entre eles!


Encontre vagas!
No Linkedin são publicadas muitas vagas em empresas. Para encontrá-las, leia as publicações de seus contatos e procure entrar com frequência na aba “Empregos”, localizada na parte superior da página. Sempre que encontrar uma vaga com seu perfil, candidate-se.
{# Taboola Newsroom #}