AnaMaria
BBB / BBB

BBB 22: Jade Picon relembra críticas antes de entrar no reality: “Mimada, nojenta, antipática”

Nome de Jade Picon vazou antes da influencer ser confinada

Da Redação Publicado em 04/03/2022, às 17h17

Jade Picon relembra críticas antes de entrar no reality - Reprodução/Globoplay
Jade Picon relembra críticas antes de entrar no reality - Reprodução/Globoplay

Jade Picon relembrou as críticas que recebeu antes de entrar no BBB 22 durante a tarde desta sexta-feira (04). O nome da influencer vazou antes de anunciarem os confirmados, que conseguiu ver algumas das críticas antes de ser confinada.

Por isso, Jade leu as impressões do público sobre sua participação, incluindo críticas, piadas e memes.

"Eu pude ler as expectativas das pessoas. A maioria estava achando que eu seria esse estereótipo de mimada, nojenta, antipática. Mas não me surpreendeu. É para isso que eu vim, para surpreender. Sei que nada do que falaram faz parte do que eu sou", afirmou ela.

Os colegas, então, relembraram as expectativas dos telespectadores e compararam com ex-BBBs que se destacaram ao serem anunciados, mas se perderam no jogo, como foi na edição de 2021.

Laís citou Juliette Freire, campeã do BBB 21, favorita desde o começo do jogo e questionou: "Será que o público já tem um preferido para ganhar? Queria que fosse eu, óbvio, mas acho que não sou".

GRITARIA E DEDO NA CARA

Laís, Paulo André, Eslovênia e Jade Picon avaliaram a relação entre os confinados na casa do BBB 22 durante conversa nesta sexta-feira (04).

Na sala, a influenciadora opinou: "Acho que está faltando gritaria, dedo na cara". 

"Pois é, por que é que a gente está assim?", concordou Laís. "Até agora a gente não teve uma briga, tipo, 'vai cair a casa'", Jade acrescentou. "Está faltando, não está? Uma gritaria", questionou a influencer.

Eslovênia também concordou com as sisters: "Está faltando real uma gritaria". “Pois é, parece que, esse ano, não vai ter, né?", ponderou a médica, conformada. 

Jade, no entanto, acredita que a briga ainda pode acontecer. "Calma, as dinâmicas se encarregam. A gente achava que não iria ter conflito", apontou.

LOLLIPOP

Mais uma noite de formação de paredão se aproxima e, com isso, os participantes do quarto Lollipop tentam bolar uma nova estratégia. Nesta quinta-feira (03), Eslovênia apresentou uma opção para o grupo votar.