AnaMaria
BBB / BBB

BBB 22: Paulo André e Arthur Aguiar trocam farpas: “Você não dá o braço a torcer”

Após atritos da madrugada, Paulo André e Arthur Aguiar se desentendem novamente na tarde deste sábado

Da Redação Publicado em 16/04/2022, às 18h21

Paulo André e Arthur Aguiar trocam farpas: “Você não dá o braço a torcer” - Reprodução/Globoplay
Paulo André e Arthur Aguiar trocam farpas: “Você não dá o braço a torcer” - Reprodução/Globoplay

Dando continuidade aos atritos dentro da casa do BBB 22, Paulo André e Arthur Aguiar se desentenderam na tarde deste sábado (16).

Após a confusão da madrugada, Paulo André tentou quebrar o gelo com o amigo enquanto ele comia na cozinha do Vip.

"Está vivo?", questionou o atleta olímpico. "Acordei logo depois de você, pô", respondeu o ator. "Logo depois de mim, você não acordou, não", rebateu PA.

Arthur voltou a insistir, mas Paulo André rebateu: "Não acordou. Você não acordou logo depois de mim.” 

"Eu vi você saindo do quarto... Tá bom. Então, não acordei", respondeu o ator, desistindo da discussão.

Os dois continuaram discordando sobre o horário em que acordaram até que o ator perdeu a paciência. "Seu problema é que você não dá o braço a torcer, você acha que só eu durmo", disse.

Em seguida, Paulo André pediu para Pedro Scooby confirmar o horário em que Arthur acordou.

EGOCÊNTRICO

A formação do 15° Paredão do 'BBB 22' deixou os brothers com os ânimos lá em cima. Acontece que Douglas Silva não gostou nada de ter sido puxado para a disputa por Arthur Aguiar, que usou ser poder de contra-golpe após ser o mais votado pela casa. 

Na tarde deste sábado (16), enquanto conversava com Paulo André na academia, o ator desabafou sobre a decisão do colega. "Sabe o que eu estava pensando ontem? Não me importei nem um pouco do Arthur ter votado em mim. Mas, aí, eu fiquei pensando no que ele mesmo abriu ontem, eu não sabia. Que tem um motivo", iniciou.

Em seguida, ele falou sobre a justificativa que Arthur usou para puxá-lo pra berlinda: "Ele acabou abrindo o que falou no confessionário, que ainda estava chateado com umas coisas que eu fiz enquanto ainda estava no paredão falso. Fiquei pensando assim: que argumento é esse, né?".