AnaMaria
BBB / Eita!

‘BBB 22’: Psicanalista explica obsessão de Luciano por fama

A obsessão de Luciano por fama já foi assunto entre os brothers algumas vezes

Da Redação Publicado em 25/01/2022, às 15h40

Existe uma explicação por trás do desejo de Luciano - Reprodução/Globo
Existe uma explicação por trás do desejo de Luciano - Reprodução/Globo

A psicanalista e criadora de conteúdo Manuela Xavier analisou o comportamento de Luciano Estevan, que está disputando o primeiro paredão ao lado de Naiara Azevedo e Natália Deodato. Segundo ela, o público não deve se deixar levar pelas aparências.

De acordo com Manuela, o participante quer ser amado pelo público e notado. “Luciano é um homem preto e a gente sabe que, devido ao racismo, a autoestima do homem preto foi sendo destruída e foi oferecido insígnias de uma masculinidade hegemônica e branca para que ele recuperasse essa autoestima. As insígnias são: mulheres, dinheiro e fama”, declarou.

A psicanalista também revelou que quando Luciano revelou que queria ser tão famoso quanto Beyoncé, significa muitos traços de mágoa. “A gente viu essa fala de Luciano e ridicularizou ele. E é ridículo mesmo, mas a gente precisa entender de onde ela vem e como foi produzida”, explicou.

“É muito nítido que Luciano quer ser amado, ele acha que fama é um termômetro do quanto alguém é amado. Ele dizer que quer não conseguir comer um lanche em paz porque vai estar sendo importunado por fãs é uma denúncia clara de que ele não quer viver bem, nem usufruir dos ganhos da fama, o que ele quer é aplausos, os likes, o amor”, pontuou.

Por fim, a doutora em Psicologia revelou que o brother quer ser famoso para preencher buracos. “Luciano busca pela via da fama o olhar de admiração, encantamento e amor que ele não recebe em sua vivência normal de cidadão por conta do racismo estrutural. Luciano acha que fama é um manto sagrado que o protege do desamor”, declarou.

“Ledo engano. Mas ele caiu no golpe do mercado, porque é isso que se vende, indústria da fama, todo mundo quer ser blogueiro, fazer dancinhas, muitas vezes a fama vem se a pessoa for magrinha, branquinha, loirinha, musculosinho e isso não precisa de talento nenhum. E a gente precisa olhar para isso com seriedade para entender que o discurso de Luciano não é delirante. O discurso dele é de verdade, mas é um engordo porque não é para todo mundo, é um perigo porque engendra uma lógica de idiotização e esvaziamento da vida", finalizou.