AnaMaria
Facebook AnaMariaTwitter AnaMariaInstagram AnaMariaSpotify AnaMaria

BBB 22: Uma semana após deixar o reality, Laís fala sobre doença que acomete esposa de Will Smith

Jada Smith convive com a alopecia areata, que provoca queda de cabelo

Da redação Publicado em 30/03/2022, às 20h30

Laís é médica e atuou na linha de frente contra a Covid-19 - Reprodução/TV Globo
Laís é médica e atuou na linha de frente contra a Covid-19 - Reprodução/TV Globo

Laís Caldasjá provou ser apaixonada pela profissão que escolheu, tanto que, uma semana após sua eliminação do BBB 22, a médica voltou a publicar diversos conteúdos referentes ao trabalho.

Ela surgiu em seu Instagram, na tarde desta quarta-feira (30), para falar sobre a alopecia areata, doença que acomete Jada Smith, esposa de Will Smith. Vale lembrar que o ator desferiu um tapa no rosto do apresentador Chris Rock, durante a cerimônia do Oscar 2022, após o artista fazer uma piada sobre a condição da moça.

"Como a maioria sabe, sou médica especializada em dermatologia, e nos últimos dias, venho acompanhando a polêmica que envolve o ator Will Smith e sua esposa, que também é atriz, Jada Pinkett Smith. A polêmica levantou várias questões, mas eu, como atuo na área da dermatologia, quero explicar para vocês um pouco dessa doença autoimune", começou ela na legenda da postagem.

Na gravação, a morena explicou como funciona a alopecia, e enumerou uma série de possíveis causas e tratamentos para a doença que provoca queda de cabelo.

Antes de ser confinada no reality, Laís já utilizava suas redes sociais para publicar conteúdos informativos sobre dermatologia.

HOSPITAL

Laís Caldas tem uma vida luxuosa fora do BBB 22. Durante sua participação no 'Fora da Casa', programa do GShow, na última quinta-feira (25), a médica contou que mora em uma casa com passagem direta para o hospital onde trabalha, que, inclusive, pertence a sua família, em Crixás (GO). 

A "passagem secreta", como ela definiu, foi uma ideia da própria família. O acesso à instituição se dá por uma escada. Desta forma, os médicos da residência podem chegar com mais facilidade ao trabalho. 

"O hospital é do meu pai e a gente, quando dava plantão, era de madrugada. Então me ligavam para avisar quando tinha paciente. Eu tinha que passar pela rua. E era do lado! E meu pai falou: 'Não, gente... é perigoso e tal', aí fizemos uma rampa que dá acesso direto. Acordava quase na hora do trabalho".

{# Taboola Newsroom #}