AnaMaria
BBB / Climão!

''BBB21'': Juliette parabeniza Viih Tube e sister ironiza: ''Não sei por que você fica chocada''

A paraibana parabenizou a youtuber pelo bom desempenho na Prova do Anjo

Da Redação Publicado em 09/04/2021, às 17h00 - Atualizado às 17h00

Viih Tube ironiza elogio de Juliette - Globo
Viih Tube ironiza elogio de Juliette - Globo

Parece que o clima entre Viih Tube e Juliette não anda dos melhores. Nesta sexta-feira (9), a paraibana resolveu parabenizar a youtuber por ter chegado à final da Prova do Anjo. Porém, a reação da loira deixou a advogada surpresa.

Ao ver que Viih estava sozinha no sofá, a sister falou: "Mas a senhorinha, hein, minha filha?".

"Não sei porque você fica chocada com isso", respondeu a youtuber, em tom de ironia. 

"Não, eu estou orgulhosíssima. Chocada? Eu estou chocada é comigo que estou errando", afirmou a paraibana.

Percebendo que Viih Tube ficou incomodada, Juliette disparou: "Chocada... estou dando parabéns, não aceita, não? Então, retiro o meu parabéns, vou dar para outra pessoa".

RECORREU AO AUXÍLIO EMERGENCIAL
Deborah Vidjinsky, amiga de Juliette Freire, revelou uma saia-justa que a sister passou alguns meses antes da pandemia. Formada em direito, a sister não exerce a profissão porque treina para concursos. Assim, seu único sustento vinha do trabalho como maquiadora.

“Muita gente questiona e não entende, mas ela é advogada que estuda para concursos. Eventualmente, ajuda algum amigo. Ela não está no escritório. Juliette não vive disso, sua renda é com maquiagem. Desde 2019, caiu muito o movimento em salões, porque a gente entrou num momento ruim da economia. Maquiagem é um supérfluo, a primeira coisa que a pessoa corta. A gente ficou sem atender durante seis meses”, contou ela em entrevista à Patrícia Kogut, do jornal O Globo, nesta sexta-feira (9).

“Em outubro, voltamos e trabalhamos até dezembro. Não temos vínculo com empresa, então passamos esses tempos sem perspectiva. A reservinha que tínhamos foi gasta no começo. Depois a coisa foi apertando”, completou ela.

Deborah explicou que a paraibana precisou de ajuda do governo para tentar arcar com as despesas do estúdio, que ela dividia com outras três maquiadoras em João Pessoa (PB). Ao todo, o aluguel era R$ 2.600, fora energia elétrica e internet.

“Foi bem complicado. Então, a Juliette deu entrada no auxílio para poder segurar a onda. Ela chegou a passar uma temporada em Campina Grande, na casa da mãe, porque estava difícil pagar tudo, fazer feira... O auxílio ajudava no aluguel do apartamento que ela dividia com uma colega. Ela chegou a pedir dinheiro emprestado a outras amigas também para ir driblando a situação”, finalizou.