AnaMaria
BBB / Nossa!

‘BBB22’: Após revelar salário de Jessilane, irmã da professora conta o valor das dívidas

Jessilane, participante do grupo Pipoca, tem dívidas no valor de R$ 20 mil

Da Redação Publicado em 08/02/2022, às 18h43

Irmã de Jessilane revela que a sister tem uma dívida no valor de R$ 20 mil - Globo
Irmã de Jessilane revela que a sister tem uma dívida no valor de R$ 20 mil - Globo

Pouco a pouco os internautas vão descobrindo mais detalhes das vidas antes da fama dos participantes do 'Big Brother Brasil'. Com o elenco do 'BBB22' não está sendo diferente e, nesta terça-feira (8), os fãs de Jessilane, do grupo Pipoca, descobriram o valor de uma dívida que ela tem.

Acontece que a irmã da participante do programa, Carol Alves, contou ao jornal O Globo que Jessi não terminou de pagar o FIES (Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior).

Esse financiamento a sister fez para pagar a faculdade de Biologia que cursou para poder se tornar professora. Contudo, a irmã da educadora contou que ainda faltam algumas parcelas.

“Ela tem uns R$ 20 mil para pagar. E isso precisa ser feito em, no máximo, 15 anos. Ela fez faculdade particular e precisa repor esse valor”, revelou Carol.

E a dívida não para por aí! A irmã da participante do ‘BBB22’ revelou que Jessi ainda precisa terminar de pagar o financiamento da casa da mãe delas e que: “Essa dívida com o programa habitacional pode levar mais de 20 anos para ser quitada”

SALÁRIO

Recentemente os internautas descobriram quanto Jessilane estava recebendo antes de entrar no programa. A informação também foi revelada por sua irmã, Caroline Alves.

De acordo com ela, o salário fixo era de R$ 1200 e mais R$ 500 reais recebidos pelo acúmulo de uma monitoria. Os dados são do ‘Notícias da TV’.

Embora Jessi tenha um mestrado na área, seu salário corresponde ao mínimo estipulado por lei, que está em R$ 1.212,00. A professora chegou a explicar, em uma conversa no reality, sobre seu trabalho. “O que antes eram duas turmas, que eu dava aula em turnos diferentes, se tornou apenas uma em um aulão online", disse na ocasião.

Jessi também revelou que estava se planejando para se tornar funcionária pública concursada antes de entrar no ‘BBB’. “Para ter um salário legal, de R$ 5 mil, por exemplo, não tem muitas opções. Tem que fazer o concurso. E eu sempre ficava perto, então decidi focar a partir de agosto […] Estudei todos os dias até novembro, quando me ligaram daqui [BBB]. Com a possibilidade de vir, não consegui mais focar tanto", contou.