AnaMaria
BBB / Reforço

'BBB22': após transfobia, Tadeu abre espaço para Linn reforçar o uso do pronome 'Ela'

Apresentador Tadeu Schmidt foi ovacionado na web por dar a oportunidade para cantora falar do assunto claramente

Da redação Publicado em 24/01/2022, às 10h02

Tadeu Schmidt deu espaço para Linn falar do uso correto do pronome de tratamento - Sergio Zalis/TV Globo
Tadeu Schmidt deu espaço para Linn falar do uso correto do pronome de tratamento - Sergio Zalis/TV Globo

A primeira semana de confinamento do 'BBB22' já foi o suficiente para que os participantes recebessem um puxão de orelha sutil de Tadeu Schmidt sobre transfobia. Tanto que, no último domingo (23), o apresentador abriu espaço no programa ao vivo para que Linn da Quebrada reforçasse que o pronome correto para usar é o 'Ela'. 

Na ocasião, Schmidt perguntou quem estava solteira e solteiro na casa, frisando os pronomes masculino e feminino. Logo em seguida, ele pediu para Linn explicar o motivo de ter tatuado "Ela" na testa.

A artista, então, esclareceu que fez a tatuagem por causa da mãe. "Quando eu fiz minha transição, minha mãe ainda errava e me tratava no pronome masculino (...) Então, ficou na dúvida, lê e vocês lembram que eu quero ser tratada nos pronomes femininos", afirmou, sendo aplaudida pelos colegas de confinamento.

O apresentador, por sua vez, pediu que nem os participantes do programa e nem os telespectadores esquecessem mais da forma correta como devem se referir à cantora. "Para que erros não sejam mais cometidos", afirmou, sendo ovacionado pelos internautas.

Vale lembrar que desde quando entrou no 'BBB22', Linn foi chamada de "amigo" por Eslovênia e recebeu um torpedo de Laís perguntando se ela estava "solteiro". 

FAMÍLIA

A abordagem de Tadeu se mostrou ainda mais importante diante da revelação de sua filha, Valentina, de que é queer. Em seguida, a garota revelou que se identifica como queer: "Então, depois de anos em dúvida, cheguei a uma conclusão da qual me orgulho e finalmente me sinto confortável: sou queer, ou seja, no meu caso, minha orientação sexual e atração emocional não correspondem à heteronormatividade. Eu me amo e amo todes vocês. Essa sou eu. Simples assim".

A revelação da jovem de 19 anos deixou vários internautas emocionados, prestando apoio e identificação na ocasião. Inclusive, Schmidt fez questão de ressaltar que está junto com a filha em todas suas fases. "Seja o que você quiser sempre! Essa menina linda e corajosa! Seja você", comentou o pai, orgulhoso.