AnaMaria
BBB / BBB 22

'BBB22': Durante jogo, Arthur Aguiar fala sobre traições

Arthur Aguiar afirmou que traições são "falta de responsabilidade afetiva"

Redação Publicado em 04/02/2022, às 22h10

Arthur Aguiar falou sobre traições - Reprodução/Tv Globo
Arthur Aguiar falou sobre traições - Reprodução/Tv Globo

Os participantes do 'BBB22' decidiram jogar um jogo, durante a noite desta sexta-feira (04). Na ocasião, a palavra "crifre", no contexto de traição, chegou até Arthur Aguiar.

O jogo consistia em um brother dizer uma palavra aleatória, e a pessoa seguinte rebatia com outra que teria alguma relação com a anterior.

Douglas Silva foi o primeiro, e escolheu a palavra amizade. Eslovênia, na sequência, disparou.

"Amizade me lembra lealdade". A próxima foi Bárbara, que fez questão de responder.

"Lealdade me lembra traição".

Depois, foi a vez de Tiago Abravanel, que disse que a palavra o fazia lembrar de "chifre".

Então, na vez de Arthur, o artista ficou reflexico e demorou um pouco mais para escolher sua palavra. O intérprete de Acerola em Cidade dos Homens até chegou a sugerir "unicórnio", mas o ator respondeu.

"Chifre me lembra falta de responsabilidade afetiva". Então os demais confinados alertaram que ele deveria escolher apenas uma palavra, e riram.

TRAIÇÕES

Para quem não se lembra, Arthur se envolveu em uma polêmica em meados de 2020, após admitir que cometeu diversas traições em seu relacionamento com a coach Maíra Cardi. Os dois chegaram a se separar, mas acabaram reatando o casamento

Dentro da casa, o cantor chegou a falar sobre a situação.

"O ponto não é a traição em si, é a falta de lealdade, de parceria e falta de responsabilidade afetiva com o outro. É algo como 'Eu decidi mudar minha vida por você e você foi fazer outra coisa'"

Na ocasião, ele disse que ainda se sente no processo "para se tornar uma pessoa melhor".

"Eu me considero uma pessoa que está em processo, mas muito lucido de que momento eu estou e onde eu quero chegar. Apesar de eu não me orgulhar, eu não tenho vontade de esquecer, porque quando a gente esquece, a gente faz outra vez", completou.