AnaMaria
BBB / TV

‘BBB22’: Gil do Vigor detona “héterotop” da Casa de Vidro

Gil do Vigor detonou Gustavo e revelou fofoca sobre Larissa, participantes da casa de vidro

Da Redação Publicado em 10/02/2022, às 17h30

Reprodução/Globo
Reprodução/Globo

Os participantes da Casa de Vidro foram divulgados na última quarta-feira (9), durante o programa ao vivo. As reações dos internautas não foram muito positivas, incluindo a do ex-BBB Gil do Vigor, que não gostou nada do novo participante Gustavo Marsengo.

No Mais Você desta quinta-feira (10), Gil comentou sobre a postura desrespeitosa de Gustavo. "Todo mundo viu o pessoal reclamando dos hinos, cantos, louvores. Ele viu, porque acompanha a internet, pensou 'o povo está dando uma de santo', e já entrou com esse discurso".

"Não gostei que ele falou 'lacrolândia'. Ele passou um pouco do ponto nessa palavra que usou. Ser 'héterop top' ou não é coisa do jogo. Querer ser bonito não é problema, mas a palavra 'lacrolândia' me pegou", completou o economista.

Já sobre a outra integrante da Casa de Vidro, Larissa Tomásia, Gil revelou: "Fui no perfil dela antes. Até ela disse que vazaram, mas que não era ela. Eu já soube que ia entrar antes, meu amigo me falou. Quando saiu a lista, ela não apareceu. Não queria fofocar, para não acabar com o sonho da menina, mas já estava Pernambuco toda sabendo", comentou. 

Larissa é natural de Limoeiros (PE), e Gil nasceu em Jaboatão dos Guararapes (PE).

CASA DE VIDRO

Os participantes da casa de vidro foram apresentados durante a edição ao vivo desta quarta-feira (09). 

A primeira a aparecer foi Larissa, uma jovem pernambucana de 25 anos, nascida na cidade de Limoeiro, a 77 quilômetros de Recife. Ela ganha a vida como coordenadora de marketing e influenciadora digital.

A morena virou autônoma durante a pandemia de Covid-19, e sua renda provém de fotos que ela faz para marcas de roupa. "Eu faço provadores e fotos. E quanto mais seguidores, maior meu cachê. É o que tem me salvado e virou o dinheiro fixo", contou Larissa na apresentação.

O outro participante se chama Gustavo, tem 31 anos, e se considera um rapaz polêmico e de personalidade forte.

"Várias vezes já fui mal interpretado. Sou um cara que tenho opiniões muito fortes, não consigo ficar quieto quando alguém fala algo que me incomoda. Eu faço questão de retrucar, de gerar um debate, de abrir novos pontos de vista”, afirmou.

Nascido em Curitiba, Gustavo é formado em direito, e atuou por oito anos no Tribunal de Justiça do Praná. Após ser demitido no início do surto de coronavírus, passou a investir no próprio negócio. "Hoje em dia coordeno um fast food de carnes de porco", contou.