AnaMaria
BBB / TV

‘BBB22’: Jessilane perdeu vaga em concurso por estar confinada

Jessilane perdeu o prazo da entrega dos documentos na quarta-feira (2)

Da Redação Publicado em 04/02/2022, às 15h30

Reprodução/Globoplay
Reprodução/Globoplay

Enquanto está dentro da casa, Jessilane foi aprovada no concurso para professora substituta da Secretaria de Educação do Distrito Federal, com salário que poderia chegar até R$ 3,8 mil.

A sister disputava o paredão formado no domingo (30) quando seu nome saiu na lista de aprovados. No entanto, Rodrigo foi eliminado e Jessilane e Natália continuaram na casa e, por isso, a professora de biologia perdeu o prazo de entrega de documentos, que encerrou nesta quarta-feira (2).

Por estar confinada, Jessilane não sabe sobre a aprovação, mas antes de entrar no programa conversou com a família sobre sua probabilidade. Os parentes da sister comunicaram à imprensa que ela pediu para que a família não entregasse os documentos, para não tirar a chance de outra pessoa.

A irmã de Jessi revelou que a bióloga ganhava R$ 1,7 mil por mês como professora, apesar do título de mestre.

RETRATO DO BRASIL

Jessilane Alves, participante do ‘BBB 22’, estava recebendo R$ 1.700,00 por mês antes de entrar no programa. A informação foi revelada por sua irmã, Caroline Alves. De acordo com ela, o salário fixo era de R$ 1200 e mais R$ 500 reais recebidos pelo acúmulo de uma monitoria. Os dados são do ‘Notícias da TV’.

Embora Jessi tenha um mestrado na área, seu salário corresponde ao mínimo estipulado por lei, que está em R$ 1.212,00. A professora chegou a explicar, em uma conversa no reality, sobre seu trabalho. “O que antes eram duas turmas, que eu dava aula em turnos diferentes, se tornou apenas uma em um aulão online", disse na ocasião.

Jessi também revelou que estava se planejando para se tornar funcionária pública concursada antes de entrar no ‘BBB’. “Para ter um salário legal, de R$ 5 mil, por exemplo, não tem muitas opções. Tem que fazer o concurso. E eu sempre ficava perto, então decidi focar a partir de agosto […] Estudei todos os dias até novembro, quando me ligaram daqui [BBB]. Com a possibilidade de vir, não consegui mais focar tanto", contou.