AnaMaria
BBB / Defendeu!

'BBB22': Marido de Tiago Abravanel defende o brother após críticas: ''Não é um bananão''

Tiago Abravanel recebeu críticas por seu comportamento 'Paz e Amor' no 'BBB22'

Da Redação Publicado em 31/01/2022, às 17h08

Fernando Poli defendeu Tiago Abravanel das críticas - Instagram: @ferpoli
Fernando Poli defendeu Tiago Abravanel das críticas - Instagram: @ferpoli

Fernando Poli, marido de Tiago Abravanel, saiu em defesa do amado após as inúmeras críticas que o artista vem recebendo na web por conta de sua postura 'paz e amor' no 'Big Brother Brasil 22'.

Em entrevista ao Gshow, ele celebrou a conquista da liderança de Tiago e deu sua opinião sobre os julgamentos que tomaram conta das redes sociais nos últimos dias.

“Foi muita emoção! Cada peça colocada era um grito. Assisti em casa com amigas e, quando eles ganharam, tiramos uma foto com o totem dele e com o Scooby que tenho aqui em casa”, disse ele sobre a Prova do Líder.

O produtor contou que o marido entrou no reality com o desejo de participar de todas as experiências: “Ele queria muito ser Líder. Na verdade, ele quer ser tudo: Monstro, Anjo… Tudo que der. Acho que ele vai ser um bom Líder, assim como é aqui fora”.

Já em relação às críticas, Fernando Poli foi direto. "Ele tem que indicar alguém que o público quer que saia e mostrar que não é um bananão”, afirmou.

PEDIU DESCULPAS

Tiago Abravanel, líder da semana, indicou Rodrigo Mussi para o segundo paredão do reality no último domingo (30). Após a edição do programa ao vivo, os dois conversaram sobre a decisão do ator.

“Eu quero te pedir desculpas porque talvez a maneira como eu falei soou errado para você ou talvez eu tenha falado de uma maneira que fizesse com que você entendesse errado", disse Tiago, que também recebeu os pedidos de desculpas de Rodrigo.

“Eu fui grosseiro com você. Eu não tinha entendido. Eu estava muito pilhado. Por isso que reagi daquele jeito. Não muda em nada a nossa conversa. Quando você falou em 'melhorar', me veio à cabeça: 'melhorar em que?' e não melhorar a nossa relação. Me desculpa, eu estava nervoso", explicou o gerente comercial.

Por fim, Tiago explicou qual foi sua intenção ao justificar seu voto. “É o que a gente conversou ontem: é óbvio que no jogo a gente pensa de maneira diferente e que se você voltar, que a gente poderia melhorar a nossa relação", completou.