AnaMaria
BBB / Eita!

'BBBB2': após formação de Paredão, Natália alfineta Vyni: ''A gente colhe o que planta''

Natália quase puxou Vyni ao Paredão junto com ela, mas acabou escolhendo Laís

Da Redação Publicado em 14/02/2022, às 08h26

Natália tem discussão com Vyni após formação de Paredão - Reprodução/Pay-Per-View
Natália tem discussão com Vyni após formação de Paredão - Reprodução/Pay-Per-View

A noite do último domingo (13) foi de muitas surpresas para os brothers do ‘BBB22’, especialmente para Vinicius. Isso porque o cearense quase foi ao Paredão desta semana pelo poder do Contragolpe de Natália Deodato, que descobriu o voto do rival em si mesma durante o ‘dedo-duro’ proposto por Tadeu Schmidt. A modelo, porém, escolheu puxar a sister Laís Caldas.

Ao ser questionada pelo apresentador, Natália explicou que não descartaria Vyni como uma possível opção de voto. “Eu já esperava que o Vyni fosse votar em mim, não é nenhuma surpresa. Teria opção de dar o contragolpe até mesmo nele, mas acho que não é o momento. No momento certo você vai receber o que é teu, então tudo bem", disse ela.

Posteriormente, o cearense chamou Natália para uma conversa em particular no Quarto Lollipop, onde tentou justificar sua escolha. "Eu não acho que ninguém deve se sentir bem após ser votado, eu já fui duas vezes, eu tentei lidar da melhor maneira possível. Segue o jogo, eu sempre tentei separar pessoal do jogo, afinal de contas a gente vem pra votar e ser votado", afirmou ele.

Vyni, então, afirmou que se coloca no lugar da participante e tenta compreender, ao máximo, o sentimento de estar pela terceira vez no Paredão: "Eu não levo em consideração o que você falou no ao vivo, porque não consigo imaginar o que é estar em um terceiro paredão, mas não deixo de sentir empatia. Não paro de me colocar no seu lugar e pensar como deve ser".

Natália, porém, não se mostrou muito receptiva à compaixão do rival: "Posso ser sincera? Não precisa disso. Eu já esperava, mas queria ser surpreendida. Sei que sou uma pessoa legal, muito obrigada. Lembra quando você falou 'meu amor' e eu falei 'será que eu sou?', porque eu já esperava que você precisasse me abandonar, e hoje você não precisou me abandonar". 

"A gente não tá em um jogo tão estreito pra você precisar me abandonar, você quis. Não estou com raiva de você, nada vai mudar. O que vai mudar é a preferencia do jogo", completou ela, antes de Vyni disparar: "Assim como você tem suas preferências de jogo, nesse momento eu quis. Não me arrependo".

LÁ VEM DR

Logo em seguida, o bacharel em direito afirmou que se sentiu ameaçado com o discurso da modelo no momento do Contragolpe: "Não vou levar em consideração o que você disse no ao vivo. Porque aquilo me pareceu uma ameaça".

Natália, porém, corrigiu o rival: "A gente colhe o que planta. Ameaça de que? O que eu ia fazer aqui dentro com tu? Vamos às possibilidades, ameaçar de que aqui dentro? Não tenho problema contigo, não te xingo, pelo contrário, a gente tem muita troca. A gente nunca brigou, nunca 'tretamos'".

"Não é ameaça, é só pra dizer que não preciso retribuir o que tu faz, não sou espelho. Se tu tá se sentindo ameaçado já são outras coisas", completou ela.

Sem papas na língua, a sister garantiu que não precisa da empatia de Vyni dentro do reality show e ainda fez um apelo aos telespectadores: "Eu preciso de empatia sabe de quem? Do público, cara. Eu preciso de muita empatia do Brasil. Eu preciso de empatia das pessoas lá fora porque eu quero muito ficar". 

Por fim, antes de finalizar a conversa e deixar o quarto, disparou: "As aparências enganam muito e eu sou a prova disso".

Confira: