AnaMaria
BBB / BBB

Karol Conká diz que procura evoluir com os erros: "As pessoas cobram empatia sem ter"

"Descobri na pele o que tudo o que vai, volta", afirmou a rapper em um bate papo sobre empatia com Otaviano Costa

Da redação Publicado em 28/04/2022, às 20h30

Karol falou sobre seus aprendizados após a forte onda de cancelamento - Reprodução/@karolconka
Karol falou sobre seus aprendizados após a forte onda de cancelamento - Reprodução/@karolconka

Karol Conká foi duramente cancelada nas redes sociais, após deixar a casa do BBB no ano de 2021. No entanto, em conversa ao Otalab, nesta quinta-feira (28), ela afirmou que o que mais a deixou chateada foram os ataques sofridos pelo filho.

Vale ressaltar, ainda, que algumas torcidas também ofenderam a filha da cantora Pocah, em 2021, e de Arthur Aguiar, na última edição, ambas crianças.

"Eu acredito na evolução. E não é jogando 'hate', ainda mais nas crianças, que você vai conseguir essa evolução. O ódio só atrai mais ódio", começou ela, que ainda disse saber quais são suas falhas.

"Eu não tenho por que atacar meus haters com mais ódio. As pessoas cobram empatia sem ter. Eu aprendi na pele que tudo o que vai, volta", prosseguiu.

A cantora afirmou ter conversado com o garoto sobre qual seria a reação adequada para lidar com os ataques que sofreu.

"A maneira de se defender nunca deve ser agressiva. Isso não leva a lugar nenhum. Isso não é participar de uma revolução", explicou.

Por fim, a rapper disse que procura evoluir e aprender com seus deslizes.

"O fato de eu ter tido atitudes negativas não me tira o direito de querer ser uma pessoa melhor e agir de uma maneira diferente", finalizou.