AnaMaria
BBB / Posicionamento

Marília Mendonça rebate críticas por não se posicionar sobre atitudes de Rodolffo no 'BBB21'

A cantora sertaneja fez um longo desabafo em seu perfil no Twitter

Da Redação Publicado em 05/04/2021, às 16h30 - Atualizado às 16h44

Marília Mendonça; Rodolffo no 'BBB21' - Instagram/@mariliamendoncacantora | Globo
Marília Mendonça; Rodolffo no 'BBB21' - Instagram/@mariliamendoncacantora | Globo

MaríliaMendonça foi às redes sociais, na tarde desta segunda-feira (5), para fazer um desabafo sobre a cobrança que vem recebendo nas redes sociais por não se posicionar sobre o Paredão desta semana do 'BBB21' (TV Globo).  

Os internautas a acusaram de proteger Rodolffo, que também é cantor sertanejo, apesar das polêmicas que ele se envolveu dentro da casa. Com isso, a artista desabafou em seu Twitter oficial. 

"Veja bem, me cancelar é um direito de vocês. Torcer é um direito de vocês. Meu erro foi ter me enfiado no meio do bolo, onde exatamente todos que estão me julgando, entraram também. Eu jamais declarei torcida para ninguém. Eu torcia pro Projota antes de começar o programa", começou ela na rede social.

"Agora, além de me lincharem, vocês estão me acusando de algo muito sério, que vai além de rivalidade de torcida e isso nao está certo. Me acusar de cometer um crime por não me posicionar num paredão vai além do que é o direito de vocês. Existem limites. Eu nem ia falar sobre isso mais, mas é injusto e incorreto. Quando eu erro, eu boto minha cara pra bater. Dessa vez passou demais dos limites. Ser cobrada e acusada de cometer um crime por não promover um multirão? Eu recebi vários vídeos que o Rodolffo deixou guardado pedindo apoio", afirmou Marília.

"Eu postei nenhum dos vídeos e mesmo não sendo amiga dele, somos conhecidos. Eu não publicamente falar sobre os erros que ele cometeu e promover um linchamento, porque eu sofri com isso. Eu errei grave, eu fui linchada e não aprendi por isso. Aprendi porque alguém sem obrigação teve paciência", disse ela, relembrando sua fala transfóbica, que fez durante uma live no ano passado.

"Guardei os vídeos e pensei comigo: quando ele sair, eu vou explicar por que eu não postei os vídeos. E ele vai entender. E eu sei que está cheio de gente disposta a ajudar, mesmo sem a obrigação. Eu não promoveria um linchamento com alguém que errou do mesmo jeito que eu jamais. Bom, é isso. Só estou aqui pra falar sobre os limites. Você não tem que gostar de mim, não... Mas não tem o direito legal de me acusar de cometer um crime. Internet pode parecer terra sem lei, mas ela existe", concluiu a sertaneja.