AnaMaria
BBB / Entretenimento e política

Na onda do 'BBB22', Lula abre votação para escolher seu emoji nas redes sociais

Opções oferecidas foram os emojis de lula/polvo ou uma bandeira vermelha

Da Redação Publicado em 18/01/2022, às 10h44

Estratégia estaria relacionada à atração de seguidores e engajamento - Instagram/@lulaoficial
Estratégia estaria relacionada à atração de seguidores e engajamento - Instagram/@lulaoficial

A equipe do ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva mostrou que está antenada às tendências do momento ao lançar uma votação para decidir o emoji que representará o político nas redes sociais. A escolha de um símbolo já virou tradição entre os participantes do ‘Big Brother Brasil’, que estreou uma nova edição na última segunda-feira (17), mesmo dia em que a enquete foi publicada.

“Deixe o seu emoji preferido nos comentários e boa semana!", escreveram os administradores do perfil de Lula no Twitter. As opções oferecidas foram um polvo/lula em referência ao sobrenome do ex-presidente e uma bandeira vermelha, que representa o Partido dos Trabalhadores (PT).

Teve quem aproveitou o espaço dos comentários para sugerir outras opções de emojis, entre elas uma estrela, símbolo do PT, e a bandeira do Brasil, já que Lula é apontado como um dos principais candidatos à presidência nas Eleições 2022.

"Tem que ser a lula, porque a bandeira já representa a esquerda", "Acho que seja aconselhável usarmos também a bandeira do nosso país, precisamos resgatá-la" e "[Emoji de lula] é mais específico pras eleições de 22", foram algumas das opiniões dos seguidores. 

Segundo a coluna de Mônica Bergamo, na Folha de S. Paulo, o uso de emojis não é apenas uma brincadeira como acontece com as torcidas do ‘BBB’. Na verdade, apostar em conteúdos relacionados ao reality seria parte estratégia da equipe de Lula para gerar engajamento em suas redes sociais.

Isso porque o PT entende que a disputa no espaço virtual será fundamental para garantir a vitória do petista contra Jair Bolsonaro (PL). Além deles, outros possíveis candidatos à presidência são Sérgio Moro (Podemos), Ciro Gomes (PDT), João Dória (PSDB) e Simone Tebet (MDB).