AnaMaria
Facebook AnaMariaTwitter AnaMariaInstagram AnaMariaSpotify AnaMaria

O que comprar e o que descartar na hora de fazer o enxoval do bebê?

Afinal, quanto custa um enxoval completo para o bebê e como economizar na hora de comprar

Da Redação Publicado em 24/06/2022, às 14h55

Valeria Zoncoll/Unsplash
Valeria Zoncoll/Unsplash

Em um momento tão economicamente conturbado, a gravidez - além de ser um momento de êxtase e muita alegria para os novos papais - também precisa ser um momento de muito planejamento. Afinal, ter um filho é maravilhoso, mas também acompanha uma série de custos a longo prazo.

De acordo com uma pesquisa do Instituto Ipsos, o custo de vida aumentou 73% desde o segundo semestre de 2021. E essa alta de gastos tem interferido diretamente no planejamento familiar - a tendência de casais que optam por não gestar tem crescido e, hoje, já são 20% que quem não quer ter filhos, diz um levantamento feito pelo IBGE.

Para as famílias que decidem, de fato, crescer, a missão não é impossível - mas exige um planejamento prévio. Vamos falar, então, sobre o ponto mais urgente nesses casos: o enxoval.

QUANTO CUSTA MONTAR UM ENXOVAL DO BEBÊ?

"O ideal é fazer o enxoval até os primeiros 6 meses", explica Fabiana Milan, gerente de marketing da Alô Bebê. "Essa decisão depende muito da família e do seu planejamento. Comprando aos poucos, porém, evita-se gastos desnecessários com coisas que talvez o bebê não use."

Essa dica é válida, principalmente, para famílias que pretendem montar o enxoval no Brasil. Dessa forma, o planejamento começa com tudo o que o bebê precisa até os 6 meses e, depois, faz-se um novo planejamento, considerando as necessidades da criança até 1 ano. Dessa forma, é possível diluir os gastos e aproveitar possíveis promoções sazonais, como a Black Friday ou a Semana do Consumidor.

"Para a cliente que planeja viajar para fazer enxoval no exterior, eu recomendo fazer o planejamento de 0 até 1 ano, pois ela vai aproveitar todos os custos de apenas 1 viagem", diz Lory Buffara, CEO da consultoria de enxoval Mommys Concierge.

Apenas considerando esses dois fatores é possível entender porque não existe um valor total fechado que se aplica a todas as famílias montando o enxoval. Tudo vai depender do estilo de vida daquelas pessoas e das suas possibilidades financeiras do momento.

Para Fabiana, um enxoval muito completo, que inclui carrinho, bebê conforto e até banheira gira em torno de R$ 12 mil reais. Já Lory ressalta que um enxoval tradicional montado no exterior pode sair até USS 3500 - o que sairia em torno de R$ 17.700, na cotação atual.

GASTOS ALTOS, MAS MUITO IMPORTANTES

Todo valor de um enxoval é negociável, claro, mas existem alguns itens que valem o investimento, não só pela durabilidade como pela segurança que oferecem à criança.

"Alguns itens que valem a pena investir mais são o carrinho de bebê, a cadeira do carro (segurança em primeiro lugar), a babá eletrônica, roupinhas de 0 a 6 meses que tenham um tecido diferenciado (se puder, invista no algodão Pima), e, caso seja do desejo da família, uma bolsa de fraldas bacana, porque será usada todos os dias por alguns anos", explica Lory.

PODE ONDE COMEÇAR?

Antes de fazer as contas, o ideal, segundo Fabiana, é ter em mãos a lista do Chá de Bebê. É a partir dela que os futuros papais vão organizar tudo o que precisam para essa nova fase e determinar quais são as prioridades.

Elas, aliás, são bastante particulares e variam de família para família, mas é possível determinar um balizador: "Sugiro começar pelos itens fundamentais e de maior valor, como o carrinho e o bebê conforto", diz.

A partir daí, vale a pena montar uma planilha ou alguma forma de catalogar todos os produtos a serem comprados e os seus preços. Pesquisar é chave para encontrar os melhores negócios (seja online ou em lojas físicas) e estabelecer um orçamento inicial é muito importante para garantir um teto máximo de gastos e evitar compras desnecessárias.

Ah, e vale o lembrete: o Chá de Bebê existe por um motivo! Ele pode ser um grande aliado nessas horas. "Para familiares mais próximos, você pode pedir itens mais caros, como o carrinho de bebê e a cadeirinha de carro", explica Lory. "É legal colocar alguns itens em conta, assim o convidado pode levar somente uma lembrancinha, se desejar."

Uma vantagem interessante é que muitas lojas, hoje, permitem que os papais montem uma lista online, de forma que os presentes podem ser trocados, depois, por créditos na loja, caso sejam repetidos ou não agradem.

"Para as mamães que fazem o enxoval no exterior, muitas optam pelo famoso Chá de Fraldas, que é um item que vão precisar muito depois que o bebê nascer", recomenda.

{# Taboola Newsroom #}