AnaMaria
Bebês / Economia

Sabia que dá para comprar ou alugar brinquedos? Veja como escolher

Decisão deve levar em conta aprendizado e idade da criança

Da Redação Publicado em 29/04/2021, às 08h00

Também dá para alugar brinquedos para bebês! - Pixabay
Também dá para alugar brinquedos para bebês! - Pixabay

Parte fundamental do desenvolvimento infantil, a brincadeira é como um treino para a vida adulta. Nela, os brinquedos funcionam como ferramentas que ajudam as crianças a desenvolverem a imaginação e a embarcarem na brincadeira.

Com a enorme variedade de brinquedos disponíveis, é natural que a criança, após um tempo, perca o interesse por alguns deles. No entanto, para quem vive em ambientes pequenos, os brinquedos podem acabar acumulando e ocupando um espaço precioso. Uma solução para as famílias é alugar o brinquedo ao invés de comprá-lo.

“Muitos pais ficam na dúvida se vale a pena alugar um brinquedo, mas eu acredito que sim. Isso tem a ver com sustentabilidade, já que estimula a reflexão sobre consumo e uma maternidade consciente”, defende Lory Buffara, CEO da consultoria Mommy’s Concierge.

Outra vantagem da locação de brinquedos, segundo Lory, é a adequação à faixa etária e ao compartilhamento. “Como os brinquedos precisam ser devolvidos, a criança aprende que a brincadeira é mais importante do que o brinquedo em si”, destaca.

Se você nunca havia ouvido falar neste nicho de mercado, saiba que existem muitos brinquedos que podem ser locados – de jogos, passando por bicicletas e carrinhos.

No entanto, comprar também pode ser vantajoso, visto que a criança pode criar vínculo afetivo com o item, levando para viagem, passeio e até para a escola, além de se tornar uma memória materializada da infância.

A decisão, segundo Lory, é muito pessoal e não existe certo ou errado. Vai muito do que é mais funcional para cada família e de como querem ensinar os filhos sobre consumo, desapego e diversão.

ONDE POSSO ALUGAR BRINQUEDOS?