AnaMaria
Bebês / Maternidade

Thelma Assis compartilha planos para se tornar mãe: ''Congelar os óvulos''

Médica informou que ainda não está grávida, mas pretende ter filhos

Da Redação Publicado em 11/11/2020, às 09h10 - Atualizado às 18h48

Thelma Assis compartilha planos para se tornar mãe - Reprodução/Instagram
Thelma Assis compartilha planos para se tornar mãe - Reprodução/Instagram

Thelma Assis tem planos para aumentar a família! A grande campeã da vigésima temporada do reality show 'Big Brother Brasil' surgiu nas redes sociais na noite da última terça-feira (10), para anunciar que está congelando os óvulos.

A médica anestelsiologista publicou uma sequência de vídeos nos Stories no seu Instagram, nos quais surgiu em uma clínica e contou que estava realizando a primeira consulta. 

"Hoje eu vim na primeira consulta para congelar os óvulos, afinal de contas daqui a uma semana eu faço 36 anos!", explicou. 

A influenciadora ainda aproveitou para deixar claro que não está esperando um bebê.

"Não tô grávida, hein gente? Eu tô só preparando esse bebê para daqui uns anos! Já pensou se chegam os dois de uma vez? O adotivo e o biológico? Ai a gente não dorme nunca mais!", brincou. 

PROCEDIMENTO

O médico Matheus Roque, especialista em reprodução humana e responsável pelo processo de congelamento de óvulos de Thelma, deu mais detalhes sobre o assunto: 

"Atualmente um dos principais fatores relacionados à infertilidade está relacionado à idade da mulher. Com o passar dos anos, a quantidade e qualidade dos òvulos diminui, reduzindo as chances de gravidez natural ou com tratamentos de reprodução assistida, aumentando os riscos de abortos e de doenças genéticas", explicou.

"Assim, se a mulher não pretende engravidar neste momento ou mesmo se não sabe se desejará engravidar no futuro, ela deve pensar no congelamento de óvulos para preservar a qualidade destes óvulos. O congelamento não será a garantia de gravidez futura, mas será uma forma de potencializar as chances de gravidez no futuro, caso essa mulher precise de um tratamento de reprodução”, completou o médico. 

BELEZA 

Thelma Assis, relembrou quando passou pelo processo de transição capilar durante uma entrevista ao ‘É de Casa’. 

A médica ressaltou que ao parar de alisar o cabelo, sentiu que aquele foi um gesto de amor e carinho com ela mesma.

"As lembranças que eu tenho do cabelo alisado são sempre às custas de muito sofrimento. O processo químico acaba agredindo muito o couro cabeludo. Considero que [a transição] foi um dos momentos da minha vida que tive a maior atitude de amor próprio, de me valorizar, de querer me encontrar com as minhas raízes", contou.

Segundo a anestesista, as redes sociais e a internet foram essenciais para encontrar outras pessoas passando pelo mesmo.


"Acho que a questão de olhar mais para as redes sociais e buscar a representatividade foi me fortalecendo", falou.