AnaMaria
Facebook AnaMariaTwitter AnaMariaInstagram AnaMariaSpotify AnaMaria

A volta aos salões de beleza: como iniciantes podem faturar no ramo?

Confira dicas para ter sucesso no mercado de beleza

Karla Precioso Publicado em 04/06/2022, às 08h00

O setro de beleza está a todo vapor - Unsplash/Guilherme Petri
O setro de beleza está a todo vapor - Unsplash/Guilherme Petri

O período crítico da pandemia apresentou muitas incertezas para os setores de comércio e serviços, entre eles, o segmento de beleza, que é considerado um dos mais promissores do Brasil. Prova disso é que o país continua no quarto do ranking dos maiores mercados de beleza em todo o mundo, e deve continuar crescendo com o fim da quarentena.

Essa volta das pessoas aos salões de beleza vem movimentando escolas profissionalizantes, que já observam um aumento em suas matrículas. Um exemplo é o Instituto Divas, escola de cursos voltados para beleza e bem-estar.

De acordo com a gerente de operações, Amanda Andreozzi, a retomada já garantiu um aumento de 30% na procura por cursos, como de alongamento de cílios e de unhas, barbeiro, cabeleireiro, depilação profissional, design de sobrancelhas, escovista, manicure e pedicure, maquiagem, micropigmentação, além de aperfeiçoamento em colorimetria e corte.

A profissional explica que esse aumento nas matrículas se dá por conta da segurança das pessoas em relação ao controle da pandemia, sem contar o aumento do movimento nos salões de beleza desde o final do ano. “Quem estava fora do mercado busca qualificação para conseguir um novo trabalho, e quem já está empregado quer se aperfeiçoar para oferecer serviços diversificados e com qualidade”, destaca.

MERCADO PROMISSOR

Muitos alunos já passaram por cursos em busca de oportunidades, como é o caso de Melissa e Tatiane. Em áreas promissoras, como alongamento de cílios e unhas, as profissionais enxergaram novos caminhos.

Tatiane Buturi Manno já trabalhava na área da beleza como design de sobrancelhas. Foi então que surgiu a oportunidade de expandir suas atividades para alongamento de cílios. Hoje ela atua como professora em lash designer e é dona do próprio negócio, com bom retorno financeiro. “Uma lash designer com estabelecimento próprio ganha cerca de R$ 2.500 por semana”, explica.

Já Melissa Willians Vasconcelos, profissional em alongamento de unhas, relata que teve receio em trabalhar no segmento, pois não acreditava na valorização dos profissionais. “É possível ganhar entre R$ 3 mil e R$ 5 mil por mês, dependendo dos horários de trabalho e cartela de clientes”, conta.

CAPACITAÇÃO

Este é o único meio que leva à conquista. Se tornar um profissional melhor é o primeiro passo para fazer do seu nome uma marca. Conseguir mais clientes está diretamente ligado à capacidade de executar a técnica pelo maior número de clientes possível. Não hesite em se capacitar.

TÉCNICAS NOVAS

Aprender técnicas novas é uma necessidade gritante dentro dos salões de beleza. Seja para unhas, cabelos ou maquiagem, o profissional deve estar sempre em atualização. O mercado lança novas tendências e moda todos os dias, portanto, quem não acompanha e antecipa os desejos dos clientes e mercado, fica para trás em relação à concorrência.

DICAS PARA FIRMAR SEU NEGÓCIO

Parcerias: estabelecer parcerias com outros profissionais que ofereçam produtos ou serviços que não estão nos salões é uma ótima dica para ampliar as opções em seu empreendimento.

Participação em eventos: colabora para a expansão do conhecimento sobre a área do profissional e até mesmo de novidades sobre o mercado. Procure oportunidades em congressos, cursos, eventos.

Ponto do estabelecimento: existem algumas indicações de localizações promissoras para o desenvolvimento do empreendimento. No entanto, essa questão varia a partir de qual público busca-se atingir. O ideal é sempre pensar em conforto e comodidade.

Experiência do cliente e atendimento de qualidade: são fatores que influenciam a busca pelo estabelecimento e a fidelização do cliente.

{# Taboola Newsroom #}