AnaMaria

6 posições sexuais para quem tem dor nas juntas

Médicos brasileiros criam guia de posturas sexuais para ajudar quem sofre com problemas nas articulações

Júlia Arbex Publicado em 31/03/2017, às 17h19 - Atualizado em 07/08/2019, às 17h45

Posição sexual - iStock
Posição sexual - iStock

Uma espécie de Kama Sutra para pacientes com artrite reumatoide, ou outras doenças que afetam as articulações, será lançado no início do segundo semestre para facilitar as relações sexuais de quem sofre com o problema. “Os portadores perdem a flexibilidade, sentem dor e dificuldade em movimentar algumas partes do corpo, como o quadril, os joelhos e os punhos.

As posições propostas no projeto dão dicas de como proteger as juntas, evitando lesões e cansaço”, explica Lícia Maria da Mota, reumatologista, professora da Universidade de Brasília (UnB) e uma das autoras do guia. Da cartilha inspirada em uma publicação da fundação britânica Arthritis Research UK, selecionamos seis posturas adaptadas para quem quer fazer amor sem sentir dor. 


Mais conforto!

Confira algumas ideias sobre como superar os problemas que a artrite reumatoide pode causar na sua relação amorosa:

Continue ativa: a prática de exercícios físicos, como dar uma caminhada e andar de bicicleta, aumentam a sensação de bem-estar. O benefício disso é a melhora da circulação sanguínea e o movimento das articulações.

Converse:seja sincera com o seu parceiro e fale sobre suas preocupações. Conte como está se sentindo sobre suas juntas ou outros sinais de dor. Ele precisa saber que algo a deixa desconfortável. Vocês podem buscar ajuda juntos.


          Relaxe:quando a dor é um problema, um banho quente antes da relação pode relaxar as articulações e fazê-la se sentir            mais confortável no sexo. Massagem também relaxa as juntas e os músculos.

Tente novas posições: se você sente dor em uma determinada posição, que tal experimentar outras? E vale usar  almofadas e diferentes peças do mobiliário como apoio para ter mais segurança durante o ato.


Abra a mente:a penetração não é a única forma de satisfação. Beijos, carícias e sexo oral também estimulam.

           Planeje-se:se o médico indicar, use analgésicos antes da relação.