AnaMaria
Bem-estar e Saúde / Saúde Bucal

9 coisas para saber antes de colocar lente de contato dental

Dentista aponta curiosidades sobre o procedimento, que caiu no gosto das celebridades

Juliana Ribeiro Publicado em 22/06/2021, às 08h20

A lente de contato dental é indicada para a correção do formato dos dentes, cor, função e fonação - Alexander Krivitskiy/ Unsplash
A lente de contato dental é indicada para a correção do formato dos dentes, cor, função e fonação - Alexander Krivitskiy/ Unsplash

Ter o sorriso perfeito é o sonho de grande parte das pessoas e, vez ou outra, surgem novas técnicas que prometem realizar esse desejo. Uma delas é a lente de contato dental, um procedimento que caiu no gosto de famosos como da atriz Deborah Secco, do jogador de futebol Neymar e da cantora Simaria. 

O processo nada mais é que lâminas de cerâmica (porcelana) ultrafinas que são cimentadas sobre os dentes. O resultado? Um sorriso branquinho e perfeitamente simétrico. Obviamente que isso tem um custo: se for de porcelana,a média é de R$ 1200 a  R$1800 por dente. Já o de resina fica um pouco mais em conta: varia ente R$500 e R$700.

Para saber mais sobre o assunto, AnaMaria Digital conversou com o dentista Daniel Sene, especialista em estética bucal, que listou nove curiosidades sobre o procedimento. Confira!

1- EM QUE CASO SÃO INDICADAS?
Segundo o especialista,para a correção do formato dos dentes, cor, função e fonação. Por meio da tecnologia e planejamento digital, também é possível aplicar as lentes de contato sobre os implantes.

2- DURABILIDADE
As lentes de contato não sofrem desgastes e não mancham, pois seu material é feito para durar a vida toda desde que o paciente tenha os cuidados necessários e manutenção periódica. As lâminas geralmente têm durabilidade de 20 anos, podendo variar de acordo com cada caso.

3- VANTAGENS
Preservação da estrutura dental, sorrisos sem manchas, cor uniforme, formato desejado, correção de imperfeições, tanto em tamanho (assimetria) quanto no fechamento de diastemas (espaços entre os dentes), sorriso harmônico, entre outros.

4- E AS DESVANTAGENS?
Pacientes que procuram o tratamento com as lentes de contato e não possuem uma boa higienização e cuidado com a saúde bucal podem ter problemas futuros com as porcelanas, como:

  • Surgimento de cáries;
  • Infiltrações; 
  • Gengivite; 
  • Canal; 
  • Descolamento da peça; 
  • Até mesmo a perda da raiz do dente.

5- O QUE É PRECISO CONSIDERAR NA HORA DE DECIDIR SE DEVE OU NÃO COLOCÁ-LAS?
Daniel explica que deve-se levar em conta que é um tratamento irreversível e para toda a vida. Por isso, a primeira coisa a se fazer é procurar um profissional muito bem qualificado e experiente para realizar o tratamento. “Lembrando que as porcelanas são como dentes normais e exigem cuidados ainda maiores para garantir sua preservação”, orienta o dentista.

6- CUIDADOS APÓS O PROCEDIMENTO
Manter uma higiene bucal adequada (escovação 3x ao dia, fazer o uso de fio dental diariamente, completar com enxaguante bucal sem álcool e fazer visitas periódicas ao dentista);
 Evitar roer as unhas;
É indicado também uma placa de bruxismo para melhor preservação das lentes durante o sono e evitar que elas quebrem.

7- NÃO QUERO MAIS USAR AS LENTES, DÁ PARA RECUPERAR OS DENTES 'ORIGINAIS'?
Não. O tratamento com as lentes de contato é irreversível. Por mais que o trabalho seja conservado e o preparo seja ultraconservador, não é indicado a remoção das lentes sem uma substituição.

8- FACETA DENTAL E LENTES DE CONTATO SÃO A MESMA COISA?
Não! Sene explica que as lentes de contato são minimamente invasivas, possibilitando um preparo ultraconservador. Já as facetas necessitam de um desgaste mais invasivo para alcançar uma estética e resistência semelhante às lentes de contato.

9- CADA LENTE É ÚNICA
Nenhuma lente é igual, cada paciente possui um atendimento e planejamento personalizado e as porcelanas são confeccionadas de acordo com o perfil e exigências de cada um. 

“O tamanho, formato, coloração e detalhe das lentes são feitos mantendo toda naturalidade e anatomia do dente, e em todos os casos é feito um provisório para eliminar qualquer tipo de erro antes da instalação das lentes definitivas”, conclui o especialista.