AnaMaria
Facebook AnaMariaTwitter AnaMariaInstagram AnaMariaSpotify AnaMaria

"Ai, que dor de estômago!"

Um dos principais segredos para se livrar do incômodo é saber distinguir azia de má digestão

Ana Bardella Publicado em 24/10/2016, às 16h00 - Atualizado em 07/08/2019, às 17h45

"Ai, que dor de estômago!" - Shutterstock
"Ai, que dor de estômago!" - Shutterstock
De vez em quando – principalmente após algum exagero à mesa... – a gente se pega com algum incômodo digestivo. Como nem
sempre é fácil identificar de onde vem o desconforto, acabamos confundindo azia e má digestão, erro comum, que dificulta (e muito) o tratamento. O gastroenterologista Ricardo Machado esclarece a questão:

A azia é causada pelo suco digestivo – líquido ácido produzido pelo corpo e essencial para a nossa digestão. Após ser engolida, a
comida passa pelo esôfago e só então cai no estômago. Às vezes, por falha na válvula esfíncter, que fica entre os dois órgãos, o conteúdo pode voltar. E aí vem a queimação, que vai da boca do estômago para cima e, em alguns casos, pode chegar à garganta.


A má digestão acontece quando a comida fica parada no estômago, fazendo a sensação de estufamento durar mais do que o normal.
Ela pode ocorrer por diferentes fatores, como a qualidade da comida (as muito gordurosas podem dificultar esse processo, por exemplo) ou algumas doenças – pedra na vesícula e disfunções do fígado são alguns dos problemas que costumam afetar a digestão.


Mas é possível ter as duas coisas ao mesmo tempo?
Sim. Doenças como gastrite, úlcera e esofagite podem gerar simultaneamente essas e outras complicações, como a náusea.


Mitos x verdades!
Quando falamos em estômago, o que não falta é palpite para nos livrar dos problemas. Sempre tem um amigo ou parente pra dar uma dica de como se sentir melhor ou pra alertar dos perigos que se escondem por trás dos nossos hábitos alimentares! Veja o que a medicina diz sobre esses conselhos:


"Suco de limão ou um pedaço de abacaxi ajuda na digestão”
Mais ou menos. As frutas cítricas são ácidas e por isso existe a ideia de que ajudam o suco gástrico a “desmanchar” os alimentos no estômago. Isso até acontece, mas numa escala pequena. A acidez do estômago é muito mais potente do que a dessas frutas. Se espremêssemos um limão sobre um bife, ele ficaria apenas um pouco mais mole. Mas se jogássemos o líquido do nosso estômago
por cima dele, o bife se desmancharia em poucas horas.


“Beber muito líquido durante as refeições faz mal”
De fato, as bebidas se misturam com o suco gástrico e diminuem o poder dele de desmanchar os alimentos. Além disso, podem deixar o estômago estufado. Por isso, o ideal é tomar pouco líquido durante as principais refeições.


“Comer e entrar na água atrapalha a digestão”
Mito. O problema não é entrar na água, mas, sim, comer demais e fazer exercícios físicos em seguida. Então, está liberada a piscina para a criançada!


“Azia pode dar tosse”
Quando ocorre com frequência, a azia recebe o nome de refluxo e pode, sim, dar tosse seca e até outros problemas mais graves,
como falta de ar.


“Um chazinho alivia a sensação de estufamento”
Sim. Os chás-pretos, assim como o café, aceleram o processo de esvaziamento do estômago, mas devem ser consumidos com
moderação. Já os chás de ervas, como o de camomila, ativam mecanismos que melhoram a digestão.


Hora de se preocupar
Se o incômodo estomacal acontece um vez ou outra, não há por que procurar o médico. “Situações de estresse, exageros
alimentares e abuso da cafeína podem desencadear esses problemas”, tranquiliza o médico do Hospital e Maternidade Anália Franco (SP). Mas se a dor anda acontecendo com frequência ou em alta intensidade, vá ao especialista. Ele avaliará o caso e receitará o tratamento certo.


Xô, azia e indigestão!
O mais importante é adotar uma alimentação saudável. “Evitar fritura e comidas condimentadas costuma ser uma medida eficaz”, diz o especialista. Para tanto, tente incluir legumes e verduras cozidas, filé de frango e de peixe no cardápio de família. Além disso, controlar o nível de estresse também pode ajudar a evitar essas sensações desagradáveis.
{# Taboola Newsroom #}