AnaMaria

Autoexame faz Ana Furtado descobrir câncer de mama bem no começo

Em vídeo, apresentadora faz alerta para a importância do preventivo. Aprenda o passo a passo para fazer em casa

AnaMaria Digital Publicado em 28/05/2018, às 11h54 - Atualizado em 07/08/2019, às 17h46

A apresentadora descobriu um tumor através de um autoexame - Reprodução/Instagram
A apresentadora descobriu um tumor através de um autoexame - Reprodução/Instagram

Ana Furtado abriu o coração neste domingo ao revelar que está em tratamento contra um câncer de mama. E afirmou que estar sempre atenta à saúde foi fundamental, pois descobriu seu tumor em um estágio inicial e agora já segue em tratamento.

"Depois de um autoexame seguido de uma mamografia, descobri um câncer de mama em estágio inicial. Foi um baque muito grande quando recebi a notícia, mas apesar de tudo eu busquei de todas as formas minha coragem, minha fé e minha esperança para conquistar a minha cura [...] Eu já operei, já tirei meu tumor. Agora preciso fazer todo o processo de tratamento pós-cirúrgico, que inclui a quimioterapia. Estou com muita fé, muita esperança e tenho muita coragem pra seguir adiante. Quero me solidarizar nesse momento com todas as pessoas que estão passando pelo mesmo processo que eu. Deixo aqui todo meu amor, carinho e força para todos vocês”, disse ela em vídeo no Instagram. 

Recomendamos para você:
Exames de cada fase da mulher
Dê fim às varizes com alimentos certos!
Autoajuda: Uma jornada de cura

Na legenda, a global ainda deixou um alerta: "Faça o autoexame! É o primeiro passo para perceber alterações nas mamas. Caso ache algo estranho, procure um mastologista (médico especialista em mamas) como eu fiz. O autoexame não é um método diagnóstico e não substitui a visita ao mastologista, mas pode ser o primeiro sinal de alerta. Se cuide! Estou tentando seguir a minha rotina de trabalho. Provavelmente estarei menos no ar para me cuidar. Tenho como maior alicerce o meu marido, filha e toda a minha familia que estão me dando todo apoio e amor nesse momento. Força, fé e coragem".

De acordo com o Instituto Nacional de Câncer (INCA), o câncer de mama é o segundo tipo de tumor mais comum entre as mulheres no mundo e registra aproximadamente 50 mil novos casos por ano no Brasil. No entanto, se diagnosticado em sua fase inicial, por meio de exames preventivos, ele pode ser tratado com sucesso.

Principal alerta: Nódulos palpáveis

■ Atinge principalmente mulheres com mais de 50 anos, mas as mais jovens também são vítimas.
■ Fatores de risco: genéticos (parentes de primeiro grau que tiveram câncer de mama); comportamentais (sedentarismo, obesidade,
hábito de fumar e ingerir bebida alcoólica diariamente) e hormonais
■ Prevenção: ficar atenta aos fatores de risco, fazer mamografia todo ano a partir dos 40 anos e também o autoexame (veja mais abaixo). “Quando o câncer de mama é diagnosticado na fase inicial, 90% dos casos têm chance de cura”, afirma Gilberto Amorim, oncologista diretor da Sboc.
■ Sintomas: nódulos nos seios ou axilas, pele mais espessa, secreção nos mamilos ou dor nas mamas.

Passo a passo do autoexame
Faça na semana seguinte ao fim da menstruação. Se está na menopausa, faça todo mês no mesmo dia. ATENÇÃO: O autoexame não substitui a consulta de rotina com o mastologista! Porém, pode ser essencial para a prevenção da doença, já que é possível fazê-lo em casa e pela própria mulher, sem auxílio médico ou de aparelhos.


1- Examine seio e axila com o braço levantado em frente ao espelho


2- Use os dedos para vasculhar as mamas


3- Apalpe para cima e para baixo


4- Faça movimentos circulares


5- Examine os seios em busca de nódulos


6- Veja se a pele muda de cor ou de textura


7- Aperte o mamilo e veja se sai alguma secreção