AnaMaria
Bem-estar e Saúde / Câncer grave de influencer foi descoberto após dor na barriga

Câncer grave de influencer foi descoberto após dor na barriga

Nara Almeida se recupera de cirurgia no abdômen; blogueira luta contra o câncer no estômago desde agosto de 2017

Redação AnaMaria Publicado em 27/03/2018, às 15h43 - Atualizado em 07/08/2019, às 17h46

Para poder se alimentar, Nara utilizava uma sonda do nariz até o estômago - Reprodução/Instagram
Para poder se alimentar, Nara utilizava uma sonda do nariz até o estômago - Reprodução/Instagram

Sensação nas redes sociais por sua beleza e estilo, em agosto do ano passado, tudo mudou para Nara Almeida. Diagnosticada com câncer de estômago, a blogueira mudou o tom de suas postagens: ao invés de looks e makes, Nara passou a compartilhar as dificuldades do tratamento com seus mais de 3 milhões de seguidores fiéis no Instagram.

Muito além da dor de estômago

Nara tem 24 anos e sentiu o primeiro sintoma do câncer no início de 2017. Dores no estômago e vômitos viraram rotina na vida da jovem, que foi diagnosticada com úlcera gástrica ao procurar orientação médica. Os remédios não surtiram efeito. Foi quando a blogueira emagreceu 12 kg e quase desmaiou durante o banho que o diagnóstico certeiro veio após novos exames: Nara Almeida tinha um tumor no estômago.

Para poder se alimentar, Nara utiliza uma sonda que vai do nariz até o estômago, e divide no Instagram sua batalha diária contra a doença. A influencer fez quimioterapia, radioterapia e sessões de imunoterapia para diminuir o tumor, sem sucesso até o momento.

Cirurgia recente

A modelo passou por uma cirurgia no meio de março para drenar o acúmulo de líquido no abdômen, operação intensa que fez Nara passar por momentos difíceis ultimamente. Na semana passada, ela sentiu dificuldade para respirar e foi internada na UTI. Segundo o namorado, Pedro Rocha, seu estado de saúde é grave. Com ajuda de máquinas para respirar, a modelo deu ênfase em seus Stories recentes para os seguidores valorizarem a vida. Mas sua luta contra o câncer continua.

Olho vivo com o câncer 

De acordo com o Instituto Nacional do Câncer (INCA), o tumor de estômago é um dos tipos de câncer mais frequentes, contabilizando mais de 20 mil casos anuais no Brasil. Com alto índice de mortalidade, é a segunda doença cancerígena que mais mata no mundo, ficando atrás apenas do câncer de pulmão. 

Por ter sintomas discretos em sua fase inicial, facilmente confundidos com gastrite, o diagnostico vem tardio e, frequentemente, quando o tumor já está muito avançado, o que explica a alta mortalidade. Entre os sintomas iniciais, fique atento a queimação e azia, dor no abdômen, estômago estufado e perda de apetite. 

Tratamento
Há várias opções de tratamento, recomendadas com base no quadro clínico de cada paciente.  Entre os principais, estão quimioterapia, radioterapia, imunoterapia, cirurgia e medicamentos.