Canseira nas pernas: entenda as possíveis causas e veja dicas para aliviar a dor

Incômodo na região podem ser indício de doenças. Fique atenta aos sinais e veja como aliviar o mal-estar

terça 6 novembro, 2018
Varizes e Trombose estão entre as principais causas do cansaço
Varizes e Trombose estão entre as principais causas do cansaço Foto:Shutterstock

Notícias Relacionadas

Queixas de dores nas pernas são frequentes nos consultórios médicos. Marcos Roberto Godoy, médico especialista em angiologia e cirurgia vascular do Centro de Ensino Cetrus, fala sobre as causas mais comuns do incômodo e dá dicas para aliviar (e evitar que ele se repita). Confira!

VARIZES: A CAMPEÃ DAS RECLAMAÇÕES

Trata-se do aparecimento de veias dilatadas, geralmente na parte superficial da pele. Quando surge nas pernas, costuma causar apenas ardência local. “Mas podem evoluir e gerar inchaço crônico, sensação de peso e formação de manchas nas pernas”, diz. 

Os estágios mais avançados da doença são perigosos porque podem ocasionar coágulos no sangue, bloqueio das veias e feridas. Com isso, é importante fazer acompanhamento com um especialista. “O médico vascular se ocupa das artérias, veias e vasos linfáticos”, indica Marcos Roberto. 

Segundo ele, já é possível identificar os principais sinais no exame clínico, mas o complementar (como ecodoppler ou doppler) pode ser necessário para identificar a melhor resolução do caso. 

É fundamental praticar atividades físicas, usar meias compressoras e repousar com as pernas elevadas, de preferência no final do dia para evitar seu agravamento. E, dependendo do nível da doença, outras medidas são indicadas, como tomar medicamentos ou aplicar injeções para secar vasinhos e varizes. Um procedimento cirúrgico também pode ser indicado – tanto de maneira convencional quanto por meio de laser.

TROMBOSE: RISCO QUE PODE SER MINIMIZADO

A formação de coágulos sanguíneos, também conhecidos como trombos, pode impedir o fluxo sanguíneo – e é responsável por uma a cada quatro mortes no mundo. 

Entre os fatores de risco para a doença estão: idade avançada, obesidade, uso de anticoncepcionais combinados, gravidez pós-parto, câncer, fatores genéticos e imobilização prolongada (como uma viagem acima de oito horas, por exemplo). 

De acordo com Suely Meireles Rezende, hematologista e professora da Universidade Federal de Minas Gerais, o ideal é mexer as pernas a cada hora. “Ainda que seja uma simples caminhada para pegar água ou ir ao banheiro”, diz.

7 MEDIDAS PARA PREVENIR E ALIVIAR A DOR

  1. “Salto alto ou calçados com sola muito rígida ou irregular podem agravar as dores. Prefira o que mais se adequa às suas necessidades, visando sempre ao conforto”, diz o médico. Se você passa muito tempo de pé, o salto tipo anabela pode ser uma boa opção.
  2. Apoie as pernas em um travesseiro e fique assim por meia hora ou mais.
  3. Se o problema for muscular ou no sistema linfático, uma massagem pode ajudar no alívio do incômodo. No entanto, sempre pergunte ao médico antes. E procure um fisioterapeuta,
  4. A caminhada é um dos exercícios mais indicados, pois, além de melhorar o fluxo de sangue na região, ajuda no condicionamento do coração, no controle do peso e no combate ao diabetes. Isso porque aumenta o gasto de energia e proporciona a queima do açúcar em excesso na circulação. Sem esquecer que o sedentarismo causa inchaço.
  5. Algumas peças de roupa ajudam a prevenir e tratar os casos de inchaço crônico. Há diferentes tipos e tamanhos. Para não ter dúvida quanto à intensidade da compressão e o tipo de meia para o seu caso, converse com o médico antes de fazer o investimento.
  6. Compressa (fria ou quente) pode agravar o quadro. Por isso, não é recomendado fazer sem que antes um médico faça a avaliação.
  7. Quadros de inflamação do nervo ciático, artrite, artrose e tendinite também podem estar por trás das dores. Investigue!
     
Da Redação
Leia Mais:

Receba em Casa

Vídeos

BEM-ESTAR

  1. 1 No Dia Mundial da Gentileza, confira atos que fazem a diferença
  2. 2 Susana Vieira revela que tem leucemia: "Estou ótima e feliz"
  3. 3 5 alimentos essenciais para combater a má digestão
  4. 4 Sabia que a alimentação pode causar a rinite alérgica?
  5. 5 O que a aparência das unhas pode dizer sobre a sua saúde