Cardápio contra o estresse: saiba o que colocar no prato para se sentir mais calma

Uma alimentação equilibrada pode contribuir no combate a este mal

Karla Precioso Publicado sábado 5 setembro, 2020

Uma alimentação equilibrada pode contribuir no combate a este mal
Maus hábitos alimentares podem agravar o problema - Deborah Breen Whiting/Pixabay

Nos dias atuais, cada vez mais, crescem as maratonas de exigências e metas profissionais, ocasionando um elevado índice de fadiga corporal. Isso ocorre, pois o estresse é um aglomerado de reações fisiológicas que, em excesso, leva a um desequilíbrio de todo o organismo

Mas, a boa notícia é que adotar uma alimentação equilibrada pode ajudar a combater o mal que assola uma grande parte da população. Alguns alimentos com altas doses de antioxidantes diminuem a produção de radicais livres - fundamentais no combate ao cansaço, fadiga e irritação. Há outros ainda repletos de substâncias precursoras de neurotransmissores como a serotonina, responsável pelo bom humor e sensação de prazer. Incluí-los no prato, portanto, é a escolha certa. 

Até porque maus hábitos alimentares, como a ingestão excessiva de cafeína, açúcar, sal e produtos refinados, pode agravar o problema. A equipe de Nutrição do Kurotel - Centro Contemporâneo de Saúde e Bem-Estar, de Gramado, RS, lista a seguir o que comer para viver mais calma e feliz.

  • Abacate: contém ácido fólico, ferro, magnésio, potássio e vitaminas B3, B6, C e E, substâncias que controlam a ansiedade;
  • Aipo: ingerir quatro talos por dia ajuda a reduzir a liberação do hormônio que causa o estresse. O alimento carrega boa dose de niacinamida, que promove o relaxamento;
  • Alface: possui uma substância chamada lactucina, que tem propriedades calmantes;
  • Banana: fonte de magnésio e vitamina B6, minerais que ajudam na produção de neurotransmissores que diminuem a ansiedade. Também contém triptofano que estimula a produção de serotonina, o hormônio do bem-estar;
  • Batata-doce: dá energia e melhora o humor, graças à presença de vitaminas C, D e B6, além de minerais como ferro e magnésio;
  • Maracujá: repleto de vitamina C e flavonoides, ajuda a acalmar o sistema nervoso central;
  • Espinafre: a folha verde é ótima para evitar fadiga e enxaqueca causadas pela falta de magnésio;
  • Cacau: muitas vezes, só o ato de comer o doce já melhora o humor. Saiba que o cacau presente no chocolate é rico em antioxidante e aminoácidos precursores de serotonina. Com isso, ajuda a reduzir os sintomas de estresse e também traz sensação de bem-estar. Quanto maior a concentração de cacau no chocolate, melhor;
  • Feijão e lentilha: têm magnésio, cálcio e são ricos em triptofano – um aliado do sono. Ainda melhoram o humor e reduz a agressividade;
  • Peixes e frutos-do-mar: os alimentos contêm zinco e selênio, principais componentes para diminuir a ansiedade.

COMBINE BEM OS ALIMENTOS 
A nutricionista do Oba Hortifruti, Renata Girau, ensina como combinar os alimentos antiestresse e sugere o que colocar no prato em cada refeição.

Café da manhã

  • Pães integrais com manteiga ou azeites aromatizados 
  • Queijos magros 
  • Iogurtes naturais integrais com frutas e sementes de abóbora e girassol 
  • Castanhas e nozes 
  • Ovos mexidos ou omelete 
  • Café preto (preferencialmente sem adoçar) 

Almoço

  • Arroz integral ou tubérculos (batata-doce, mandioca, mandioquinha) 
  • Verduras e legumes crus temperados com azeite e limão 
  • Carnes magras assadas ou grelhadas 

Jantar 

  • Vegetais cozidos ou refogados 
  • Arroz integral com lentilha
  • Peixe ou frango 
  • 20 g de chocolate amargo (85% cacau pelo menos)  

Último acesso: 20 Jan 2021 - 13:09:30 (1122718).