AnaMaria
Facebook AnaMariaTwitter AnaMariaInstagram AnaMariaSpotify AnaMaria

China anuncia que mais 71 pessoas foram mortas pelo coronavírus

China anuncia mais 71 morto pelo coronavírus

Da Redação Publicado em 25/02/2020, às 09h40

Avanço de Coronavírus preocupa todo o mundo, inclusive o Brasil - Divulgação/Josué Damacena (IOC/Fiocruz)
Avanço de Coronavírus preocupa todo o mundo, inclusive o Brasil - Divulgação/Josué Damacena (IOC/Fiocruz)

Mais 71 mortes na China foram causada pelo Coronavírus, de acordo com dados divulgados pelas autoridades de saúde do país nesta terça-feira (25).

Batizada pela Organização Mundial da Saúde de COVID-19, a doença provocada pelo coronavírus provoca febre e problemas respiratórios.

Apesar de preocupante, pois elevou o número de vítimas fatais para 2.663, este é o menor número diário de falecimentos registrados em mais de duas semanas.

Além disso, a Comissão Nacional de Saúde ainda avisou que 508 novos casos foram confirmados no país, sendo 499 diagnosticados na província de Hubei, epicentro da epidemia, detectada em dezembro passado.

BOA NOTÍCIA

Aparentemente, tais números sugerem que o surto está reduzindo progressivamente o ritmo de sua expansão na China. Apesar disso, os casos em outras regiões do mundo estão se acelerando.

Por conta da epidemia, o governo chinês anunciou na segunda-feira o adiamento, sem data prevista, da sessão anual de seu congresso por causa da epidemia do novo coronavírus. A sessão plenária da Assembleia Nacional Popular (ANP) deveria começar, como todos os anos, no dia 5 de março.

AUMENTO FORA DA CHINA

No entanto, a própria OMS considera “preocupante” o aumento acentuado na quantidade de mortes e de casos confirmados de contágio fora da China, principalmente na Itália, Coreia do Sul e Irã.

Na Europa, a Itália, onde sete falecimentos já foram registrados, é o primeiro país do continente a implementar medidas de confinamento em dez povoados do norte.

A Coreia do Sul e o Irã agora têm o maior número de casos de contágio e de vítimas fatais fora da China.

Dois meses após o surgimento do novo coronavírus na China central, cinco países anunciaram seus primeiros casos de contaminação: Afeganistão, Bahrein, Kuwait, Iraque e Omã.

{# Taboola Newsroom #}