AnaMaria

Cigarro: saiba os malefícios que podem causar para a saúde bucal

Os perigos relacionados ao consumo de tabaco vão muito além dos pulmões

Da Redação Publicado em 02/11/2020, às 14h00

A nicotina do cigarro pode também ocasionar o aumento da produção de melanina - Alexas_Fotos/Pixabay
A nicotina do cigarro pode também ocasionar o aumento da produção de melanina - Alexas_Fotos/Pixabay

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), o tabagismo é a principal causa de morte evitável no mundo. 

"Vale lembrar que o cigarro apresenta em torno de 4.700 substâncias tóxicas, entre elas a nicotina, responsável pela dependência química, o alcatrão, responsável pelo aparecimento de diversos tipos de câncer, e o monóxido de carbono, responsável pelo envelhecimento precoce”, comenta Brunna Bastos, cirurgiã-dentista da marca GUM, para AnaMaria Digital

Ela enfatiza que diversas doenças pulmonares como enfisema e bronquite estão também diretamente associadas ao uso excessivo do tabaco que, além de ser extremamente prejudicial para a saúde como um todo, acarreta em diversos males no que diz respeito à saúde da boca.

Sendo assim, o cigarro, além de contribuir para diversas doenças, pode também prejudicar a saúde bucal do fumante, um exemplo é o maior acúmulo de placa bacteriana, assim como podem exacerbar a doença periodontal e interferir em seu tratamento.

"Além de ser o responsável pelo câncer de boca, o cigarro também provoca diminuição da produção da saliva, o que faz com que a boca fique seca e, consequentemente diminua a limpeza fisiológica do próprio organismo. Dessa forma, acaba também provocando mau hálito, além de afetar as papilas gustativas, inibindo o paladar".

ESTÉTICA
Já no campo estético, a nicotina, principal composto presente no cigarro, devido a sua pigmentação, possui o poder de se aderir facilmente ao esmalte dentário e escurecer os dentes. 

Do mesmo modo, a nicotina do cigarro pode também ocasionar o aumento da produção de melanina, causando a chamada melanose de fumante, que afeta diretamente a boca, bochechas e gengiva, deixando-as mais escuras e com manchas acastanhadas.

ADEUS CIGARRO!
Por fim, não existe falta de razões para abandonar este hábito nocivo. 

"Deixar de fumar é difícil devido à alta dependência que a nicotina causa, porém superado essa dificuldade e vício, o benefício ao parar de fumar é incontestável, tanto para a saúde bucal quanto para a saúde e bem-estar geral do indivíduo. Por isso devemos sim enfatizar o Dia Nacional de Combate ao Fumo, uma vez que estimula muitos a abandonarem este hábito tão nocivo." finaliza Brunna.