Como manter uma rotina de exercícios físicos em casa? Veja 4 dicas

Criar este hábito irá beneficiar, e muito, a sua saúde

*Bianca Vilela, colunista de AnaMaria Publicado quinta 8 abril, 2021

Criar este hábito irá beneficiar, e muito, a sua saúde
Dá até para incrementar os treinos em casa com alguns produtos. - rob9040/Pixabay

Fala galera da AnaMaria, tudo bem? Quero saber quem aí está conseguindo se exercitar em casa?

A Organização Mundial da Saúde (OMS), no final do ano passado, revisitou a orientação sobre sedentarismo e subiu a indicação de 150 para até 300 minutos de atividade física por semana. Isso corresponde à uma hora de exercícios todos os dias. Infelizmente, poucos conseguem bater esta meta e mais de 60% dos brasileiros são sedentários.

A boa notícia, porém, é que dá para mudar este cenário. Eu garanto que, se você se organizar, ficará fácil se enquadrar no seleto grupo das pessoas treinadas e saudáveis. 

Para te ajudar, convidei o personal trainer Leandro Ramos, que trará muitas dicas importantes, até porque na luta contra o COVID-19, o exercício é de extrema importância. Mesmo em casa é muito simples colocar isso em prática, criando o hábito que irá beneficiar a nossa saúde e nos deixar mais protegidos contra o vírus. Vamos lá?

1- NÃO DEIXE PARA DEPOIS!
A procrastinação é algo presente na vida de muitas pessoas. Procure realizar a sua sessão de treino pela manhã, pois ao final do dia a tendência de você desistir é muito grande! Sem contar que, após a atividade, o dia rende muito mais devido a liberação de alguns hormônios do bem estar.

2-  CRIE O HÁBITO
Neste momento, o ideal é se exercitar em casa, mas que tal convidar um amigo para treinar com você por chamada de vídeo? Vale até criar um grupo! Estimule a sua mente a se familiarizar com a ideia de manter uma rotina saudável. 

3-  SUPORTE PROFISSIONAL
Nada melhor do que a orientação e suporte de um profissional de educação física. Ele irá lhe ajudar na montagem do treino, além de te estimular. Atualmente, as ferramentas digitais possibilitam que o aluno tenha a mesma interação. O importante é estar comprometido com você mesmo.

4- NÃO INVENTE MODA 
Procure realizar exercícios básicos e que você se sinta bem e seguro. Nada de inventar moda para criar lesões desnecessárias. Caso tenha um exercício mais complexo, consulte com um profissional qualificado. 

*BIANCA VILELA é mestre em fisiologia do exercício pela Unifesp (Universidade Federal de São Paulo), palestrante e produtora de conteúdo. Desenvolve programas de saúde in company em grandes empresas por todo o país há mais de 15 anos. Na AnaMaria fala sobre saúde no trabalho, produtividade e mudança de hábitos. Instagram: @biancavilelaoficial

Último acesso: 24 Jul 2021 - 07:48:26 (1143395).