Conheça os chás que são aliados para manter nosso corpo funcionando bem

Chás aliados do corpo: saiba quais são eles

Júlia Arbex Publicado domingo 21 julho, 2019

Chás aliados do corpo: saiba quais são eles
Veja os benefícios e o modo de preparo de seis versões superpotentes - Banco de Imagem/iStock

Já estamos no fim do outono, começo de inverno. Nesse clima, não tem nada mais gostoso do que esquentar o corpo com um chazinho. Mas, saiba, além de aquecer, a bebida melhora a saúde, aumenta a saciedade e acelera o metabolismo: tudo isso ajuda a queimar gordura. 

As nutricionistas Andrea Bunducki e Lizia Grazielle Andrade da Corrente e a sommelier de chás, e proprietária da Catherine Fine Teas, Ana Carolina Delai listaram algumas sugestões que podem fazer parte do seu cotidiano. Mas não se esqueça que o indicado é tomá-lo sem açúcar ou adoçante, viu?

Veja os benefícios e o modo de preparo de seis versões superpotentes. Eles serão seus melhores amigos na hora de perder peso e, claro, melhorar a saúde!

CHÁ-MATE
Benefícios: possui metilxantina, substância que acelera o metabolismo e aumenta o gasto calórico, auxiliando a perda de peso. Além disso, controla o colesterol, faz bem para o coração e tem ação diurética e anti-inflamatória.

Como deve ser feito: utilize 1 litro de água filtrada e 20 g de folhas de erva-mate tostadas. Assim que a chaleira começar a chiar (ou a água começar a ferver) deixe as folhas em infusão, a cerca de 80 ºC, por 5 minutos. Coa e beba.

Quantidade ideal a ser ingerida: no máximo, 1 litro por dia ou 20 g das folhas. É interessante dividir a bebida em porções e tomá-la durante ou antes das principais refeições do dia (café da manhã, almoço e jantar).

CHÁ DE HIBISCO
Benefícios: evita o acúmulo de gordura no corpo, principalmente no abdome e quadril, tem ação diurética, auxilia no controle da pressão arterial e do colesterol.

Como deve ser feito: ferva 200 ml de água, desligue o fogo e adicione 5 g de hibisco, o equivalente a uma colher (chá) rasa da flor seca. Abafe por 5 minutos. Coe e consuma.

Quantidade ideal a ser ingerida: meia hora antes das principais refeições, beba até três xícaras de 200 ml. Por ter ação diurética, o chá de hibisco causa eliminação contínua de potássio e outros minerais. Por isso, a bebida não deve ser consumida por pessoas com doenças cardíacas. Além disso, a ingestão excessiva causa dor de cabeça, náuseas, cãibras e problemas relacionados ao fígado.

CHÁ-PRETO
Benefícios: se comparado ao chá-verde, possui uma quantidade bem maior de cafeína e, consequentemente, ação termogênica mais potente.

Como deve ser feito: para cada litro de água são necessárias duas colheres (sopa) da erva. Quando for fazer, adicione as folhas de chá-preto na xícara com água fervente. Tampe e deixe repousar por, pelo menos, 5 minutos. Coe e tome morno ou frio.

Quantidade ideal a ser ingerida: pela medida de cafeína, o ideal é beber durante a manhã. Não consuma nas refeições, pois pode atrapalhar na absorção de vitaminas como o ferro. Ingira, no máximo, três xícaras do chá por dia.

CHÁ-BRANCO
Benefícios: produzido a partir das folhas novas e brotos da Camellia sinensis, mesma planta dos chás verde e preto, ajuda a desintoxicar e melhora o funcionamento do organismo. Ele ainda evita o envelhecimento precoce e previne doenças cardiovasculares e doenças cerebrais degenerativas.

Como deve ser feito: para preparar uma porção, utilize 3 g da folha seca para 300 ml de água. Aqueça o líquido, sem deixar ferver, e espere formar as primeiras bolhas. Desligue o fogo e coloque a planta. Deixe descansar por cerca de 5 minutos, coe e consuma.

Quantidade ideal a ser ingerida: a recomendação diária é de três a cinco xícaras por dia.

CHÁ-VERDE
Benefícios: possui cafeína e catequinas, substâncias responsáveis por acelerar o metabolismo, fazendo com que o organismo gaste mais energia. Ele ainda facilita a digestão, ajuda a regular o intestino e combate a retenção de líquidos.

Como deve ser feito: coloque 500 ml de água em uma panela e leve ao fogo. Apague o fogo quando começar a ferver. Retire e acrescente 1 colher (sopa) de folhas de chá-verde e tampe. Leve à geladeira e mantenha lá por até 24 horas.

Quantidade ideal a ser ingerida: o ideal é não ultrapassar três xícaras de chá por dia, o equivalente a 600 ml. E, apesar de poder ser encontrado em pó, saquinhos e até mesmo em cápsulas, nenhuma dessas versões preserva os nutrientes como as folhas da erva.

CHÁ DE GENGIBRE
Benefícios: conhecido por ser um alimento termogênico e rico em vitaminas, fortalece o sistema imunológico e age como um anti-inflamatório. A bebida, em pequenas quantidades, alivia o mal-estar, auxilia na digestão e no combate a doenças respiratórias.

Como deve ser feito: higienize a raiz do gengibre, corte em pedaços pequenos ou rale. Ferva 300 ml de água, desligue o fogo, adicione uma colher de sopa de gengibre e tampe o recipiente. Aguarde cerca de 10 minutos, coe e consuma.

Quantidade ideal a ser ingerida: estudos orientam que a dose diária segura para o uso do gengibre é de 4 g por dia. Consuma de manhã.

Último acesso: 16 Jan 2021 - 19:05:47 (1070846).