bem-estar-e-saude   / Atenção especial

Covid-19 e câncer de tireoide: veja mitos e verdades sobre o assunto

Casos de metástase nos pulmões precisam de atenção redobrada com o novo coronavírus

Da Redação Publicado segunda 19 abril, 2021

Casos de metástase nos pulmões precisam de atenção redobrada com o novo coronavírus
Saiba qual a relação entre a covid-19 e os problemas na tireoide - Unsplash

Pacientes diagnosticados com hipotireoidismo, hipertireoidismo ou câncer de tireoide não fazem parte do grupo de risco da covid-19. A relação entre ambas as doenças ainda vem sendo estudada e aos poucos as respostas começam a aparecer. 

Os casos de metástase - principalmente nos pulmões - , por exemplo, podem apresentar maior risco para a gravidade da infecção pelo novo coronavírus. Carolina Ferraz, endocrinologista da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia Regional São Paulo (SBEM-SP), esclarece quais são os mitos e verdades sobre a covid-19 e os problemas na tireoide. 

RECEBI DIAGNÓSTICO DA COVID-19 E TENHO HIPERTIREOIDISMO. PRECISO SER INTERNADO?
MITO. A internação depende do estado geral do paciente, ou seja, se o quadro de infecção é grave ou leve. Como em todos os casos de covid-19, é necessário que o paciente entre em isolamento e observe a evolução dos sintomas. “Caso necessite de internação, é importante informar os médicos sobre os medicamentos usados no tratamento do hipertireoidismo”, orienta Carolina.

MESMO COM COVID-19, DEVO MANTER A MEDICAÇÃO PARA A DISFUNÇÃO DA TIREOIDE?
VERDADE. Seja para o hipotireoidismo ou para o hipertireoidismo, a endocrinologista ressalta que o medicamento deve ser mantido mesmo em pacientes que testaram positivo para o novo coronavírus. 

TENHO NÓDULO DE TIREOIDE, ESTOU NO GRUPO DE RISCO PARA SER INFECTADO PELO CORONAVÍRUS?
MITO.  Pessoas com nódulos ou doenças da tireoide não entram no grupo de risco para a covid-19, afirma a especialista.

TENHO CÂNCER NA TIREOIDE. ESTOU NO GRUPO DE RISCO PARA A COVID-19?
MITO. De acordo com Carolina, os pacientes com câncer de tireoide tratados com cirurgia, que fizeram ou não radioterapia ou estão com a doença inativa apresentam riscos para a covid-19, mas devem se cuidar da mesma forma em relação às medidas de proteção, ou seja: lavar bem as mãos, manter distanciamento social e usar máscaras.

No entanto, é preciso dar atenção aos casos que apresentam metástase, principalmente nos pulmões. "Estes, sim, podem apresentar maior risco para a gravidade da infecção, tanto pela extensão da doença quanto pelos possíveis efeitos adversos dos medicamentos. A recomendação é buscar orientação médica", recomenda a endocrinologista. 

MINHA CIRURGIA PARA RETIRAR A TIREOIDE FOI CANCELADA. MEU NÓDULO PODE VIRAR UM CÂNCER POR CAUSA DESSA DEMORA NA CIRURGIA?
MITO.  Carolina explica que o percentual de nódulos da tireoide que evoluem para câncer gira em torno de 5-10%. “Isso leva muito tempo para acontecer. Portanto, é uma chance muito pequena. Se o seu médico cancelou a cirurgia, é porque ela não tem urgência. Mantenha a calma e o tratamento recomendado”, orienta.

TENHO UM NÓDULO SUSPEITO NA TIREOIDE E MEU MÉDICO INDICOU BIÓPSIA (PUNÇÃO POR AGULHA FINA - PAAF). É ARRISCADO FAZER AGORA?
VERDADE. A PAAF não chega a ser um procedimento arriscado, mas é considerada, nesses casos, um procedimento eletivo, ou seja, que não compromete a vida do paciente se for adiada. “Esperar a pandemia passar é mais prudente no momento”, afirma a endocrinologista.

Último acesso: 12 May 2021 - 13:53:24 (1143587).